Início » Internacional » Estado Islâmico reivindica ataque a faca em Londres
ATO TERRORISTA

Estado Islâmico reivindica ataque a faca em Londres

Agressor foi morto pela polícia, que encara o episódio como um ato terrorista

Estado Islâmico reivindica ataque a faca em Londres
Ataque deixou dois mortos e três feridos, sendo um em estado grave (Fonte: Reprodução/Twitter/@newjorg)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Estado Islâmico reivindicou neste sábado, 30, a autoria do ataque a faca na Ponte de Londres que deixou dois mortos e três feridos na última sexta-feira, 29.

A polícia britânica antiterrorismo agora investiga como um homem que havia sido preso por terrorismo e solto no ano passado conseguiu executar o ataque na London Bridge. O agressor foi morto pela polícia, que encara a situação como um ato terrorista.

Horas após o ataque na última sexta, o agressor foi identificado como Usman Khan, de 28 anos, que havia sido condenado em 2012 por crimes de terrorismo, liberado em dezembro de 2018 sob condição de licença e participava atualmente de um programa para educar prisioneiros.

Em comunicado, o chefe do departamento de antiterrorismo da Scotland Yard, Neil Basum, destacou que “esse indivíduo era conhecido das autoridades, condenado em 2012 por terrorismo. Claramente, uma linha-chave de investigação é estabelecer como foi possível para ele realizar esse ataque”.

Ainda de acordo com Basu, Usman Khan aparentemente estava utilizando um coleta de bomba, porém se tratava de um apetrecho falso.

Fontes:
G1 - Polícia de Londres investiga como suspeito conseguiu executar ataque na ponte

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *