Início » Internacional » Estado Islâmico usa cinema ao ar livre para espalhar terror no Iraque
Campanha de medo

Estado Islâmico usa cinema ao ar livre para espalhar terror no Iraque

Grupo monta telões para exibir cenas de decapitação e execução feitas pelos extremistas. Ataques da coalizão ocidental matam 19 jihadistas na Síria

Estado Islâmico usa cinema ao ar livre para espalhar terror no Iraque
Cenas de decapitações e execuções de reféns foram exibidas para famílias em telão ao ar livre em Mossul (Reprodução/AP)

O Estado Islâmico está usando cinemas ao ar livre no Iraque para espalhar o medo na população e convencer jovens a se juntar ao grupo radical.

Leia mais: Grupo ligado ao Estado Islâmico decapita refém francês na Argélia
Leia mais: Coalizão internacional abre fogo contra o Estado Islâmico

Na semana passada, em Mossul, cidade sob o domínio do grupo, um telão foi montado em um bosque. Sem saber do conteúdo que seria exibido, famílias se reuniram no local na esperança de aproveitar um momento de paz, mas acabaram chocadas com as cenas exibidas.

Decapitações de reféns, execuções de prisioneiros, mensagens para matar indiscriminadamente todos os cidadãos de países da coalizão ocidental contra o grupo foram exibidas em um telão com a clara intenção de aterrorizar os presentes.

Para o psicólogo Emar Jafar, a intenção é desestimular qualquer resistência da população e recrutar jovens para o grupo. “O Estado Islâmico entende que filmes desse tipo aumentam o terror no povo e tiram a última esperança que resta a eles e o pensamento de oferecer resistência; o objetivo desta campanha é minar a força psíquica de jovens e adultos”, diz Jafar.

Bombardeios matam 19 jihadistas na Síria

Um ataque aéreo da coalizão ocidental liderada pelos EUA matou 19 membros do Estado Islâmico na noite da última quarta-feira, 24, nas cidades de Deir ez Zor e Al Hasaka, na Síria. As informações foram divulgadas pela ONG britânica Observatório Sírio dos Direitos Humanos. As vítimas são 14 jihadistas e cinco civis.

Segundo a ONG, o alvo dos ataques eram posições do Estado Islâmico na região, porém uma refinaria de petróleo controlada por civis acabou atingida pelos bombardeios.

Fontes:
O Globo-Estado Islâmico abre 'cinema' que exibe seus crimes
O Globo-Bombardeios da coalizão liderada pelos EUA deixam 19 mortos na Síria

2 Opiniões

  1. Joma Bastos disse:

    E a Dilma apoia o Estado Islâmico!
    Hoje que mais de 40 países já manifestaram disponibilidade para ajudar de alguma forma a combater os jihadistas do Estado Islâmico, que se apoderaram de uma parte da Síria e do norte do Iraque.

  2. Rene Luiz Hirschmann disse:

    Eu não consigo entender o porque dos Estados Unidos sempre estar procurando uma guerra nova, sera que os povos do oriente médio não tem condições de cuidar de seus países, tenho certeza que os donos do mundo da guerra só criam mais ódio contra si mesmo, destroem tudo, matam civis, e ainda chamam de terroristas aqueles que são contrários a uma democracia forjada pela força, porque eles não combatem a China no Tibe, ou a Russia na Criméia.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *