Início » Internacional » Estados norte-americanos aprovam leis contra a imigração
Estados Unidos

Estados norte-americanos aprovam leis contra a imigração

Crescente insatisfação dos governos estaduais dos Estados Unidos fez com que 250 novas leis fossem aprovadas para restringir imigrantes

Estados norte-americanos aprovam leis contra a imigração
No primeiro semestre de 2011, 40 estados propuseram resoluções (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O número de novas leis e resoluções aprovadas no primeiro semestre de 2011 referentes ao controle à imigração tem indicado crescente insatisfação dos governos estaduais dos Estados Unidos em relação à política aplicada pelo governo Obama. Foram 250 novas leis diversificadas em 40 estados do país.

Leia também: Cidade dos EUA cria toque de recolher para menores de idade
Leia também: Alabama aprova lei anti-imigração
Leia também: Grã-Bretanha vai negar vistos a 260 mil estudantes

O relatório da Conferência Nacional de Legislaturas Estaduais indicou que, entre as novas regras, estão restrições a contratações, identificação de eleitores e até permissão ao benefício de bolsas universitárias.

O aumento nos requerimentos na mudança da legislação sobre imigrantes é visível comparado a outros anos. Em 2005, foram aprovadas somente 38 leis de imigração em estados norte-americanos. Em comparação ao ano passado, houve uma diminuição no número de pedidos de alterações, no entanto, apenas na primeira metade do ano, todos os estados e Porto Rico sugeriram especificações na legislação sobre imigrantes.

Wendy Sefsaf, diretor de comunicações do Conselho Americano de Imigração, afirmou que os estados estão tentando solucionar a ineficiência do governo federal e estão fazendo isso de “forma boa, ruim e péssima”. Os conservadores defendem a busca dos estados em arrumar soluções para a questão.

De acordo com o porta-voz do Partido Republicano no Texas, Chris Elam, há uma chocante falta de vontade do governo Obama em discutir o assunto: “Os estados estão assumindo a responsabilidade de resolver o problema, e isso é totalmente permitido”, concluiu.

Em oposição, alguns democratas culpam os republicanos pela indefinição, já que foram eles que assumiram o controle da Câmara. Segundo Jessica Farra, presidente do comitê de imigração da Câmara do Texas as novas leis estão provocando um resultado negativo na comunidade hispânica já que famílias estão sendo punidas com a deportação de membros familiares.

Fontes:
OGlobo - Em 2011, 40 estados americanos aprovaram leis com restrições à imigração

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *