Início » Internacional » FBI desbloqueia iPhone sem ajuda da Apple
SEGURANÇA X PRIVACIDADE

FBI desbloqueia iPhone sem ajuda da Apple

Departamento de Justiça americano retira ação legal contra a empresa

FBI desbloqueia iPhone sem ajuda da Apple
Departamento de Justiça americano afirmou que conseguiu acessar os dados do aparelho de um dos atiradores do ataque de San Bernardino (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos afirmou nesta segunda-feira, 28, que o FBI encontrou uma maneira de desbloquear o iPhone de um dos autores do ataque de San Bernardino sem ajuda da Apple, permitindo a agência retirar a ação legal para obrigar a companhia a colaborar com as investigações sobre o ataque.

Leia também: Apple se recusa e decodificar iPhone de terrorista
Leia também: Apple promete segurança reforçada em novos modelos do iPhone
Leia também: Hackers ajudam FBI a decodificar iPhone

A decisão de retirada da ação termina um impasse entre o governo e a companhia mais valiosa do mundo. O caso foi considerado bastante controverso após a Apple se recusar a ajudar as autoridades americanas a desbloquear o iPhone usado por Syed Rizwan Farook, o que incitou o debate sobre privacidade e segurança.

Na semana passada, as autoridades americanas já haviam dito que poderiam desbloquear o smartphone sem auxílio da companhia. Em um documento de dois parágrafos divulgado nesta segunda- feira, 28, o Departamento de Justiça americano afirmou que conseguiu acessar os dados do aparelho de Farook e que “não requer mais assistência da Apple”.

Em comunicado, a Apple comemorou a decisão do Departamento de Justiça de retirar a ação legal. “Desde o início nos opusemos à demanda do FBI de desenvolver uma entrada alternativa ao iPhone (conhecida também como porta traseira) porque acreditamos que seria um erro e estabeleceria um precedente perigoso”, diz o texto da empresa.

Como os métodos utilizados para desbloquear o iPhone ainda são desconhecidos, a Apple afirmou que continuará ampliando a segurança de seus produtos, já que as “ameaças e ataques ficarão mais frequentes e mais sofisticados”.

Fontes:
New York Times-U.S. Says It Has Unlocked iPhone Without Apple
O Globo-EUA retiram ação legal contra a Apple sobre iPhone cifrado

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *