Início » Internacional » EUA anunciam criação de Força Espacial
PROJETO MILITAR

EUA anunciam criação de Força Espacial

Projeto custaria cerca de US$ 8 bilhões nos próximos anos e teria como objetivo rivalizar com iniciativas similares na Rússia e na China

EUA anunciam criação de Força Espacial
Anúncio gerou críticas de democratas e civis americanos (Foto: Vice President Mike Pence/Twitter)

Os Estados Unidos anunciaram na última quinta-feira, 9, a intenção de criar uma “Força Espacial” até 2020. O projeto ainda passará pela aprovação do Congresso e deve enfrentar forte resistência dos democratas.

O anúncio foi feito pelo vice-presidente americano, Mike Pence, e seria um sexto departamento militar dos Estados Unidos. Atualmente, os EUA contam com o Exército, Força Aérea, Marinha, Corpo de Fuzileiros Navais e a Guarda Costeira.

“Chegou o momento de estabelecer um Exército Espacial. Este documento estabelece os passos exatos a serem dados para criar uma Força Espacial”, afirmou Pence, segundo noticiou a rede Deutsche Welle. O anúncio foi celebrado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que, pelas redes sociais, comemorou: “A Força Espacial está a caminho”.

O projeto custaria cerca de US$ 8 bilhões nos próximos anos apenas para a criação do novo ramo militar. A criação da Força Espacial seria um sonho antigo de Trump, que já tinha se pronunciado em outras ocasiões a respeito do possível projeto. A criação teria quatro passos. Em um primeiro momento, seria criado um “Comando do Espaço”. Em seguida, começariam a se formar as tropas espaciais, que teriam como principal missão a segurança espacial. Depois, uma agência espacial voltada para pesquisas seria criada. Por fim, seria nomeado um subsecretário de Defesa para o Espaço.

“Nossos adversários já transformaram o espaço em um novo campo de batalha”, apontou Pence, afirmando que a Rússia e a China estariam tomando a dianteira nessa empreitada.

Como exemplo, o vice-presidente citou a destruição de um satélite chinês com um míssil e o desenvolvimento de um laser capaz de bloquear infraestruturas espaciais. Atualmente, os três países são signatários do Tratado do Espaço Exterior, de 1967, que proíbe instalação de armas de destruição em massa e regras para a exploração de corpos celestes.

“Chegou a hora de escrever o próximo grande capítulo na história de nossas forças armadas, para nos prepararmos para o próximo campo de batalha onde os melhores e mais corajosos dos EUA serão chamados para deter e derrotar uma nova geração de ameaças à nossa nação”, escreveu Pence nas redes sociais.

Reações diferentes

O anúncio da criação da Forças Espacial gerou diferentes reações nas redes sociais. Muitos políticos democratas expressaram grande insatisfação com o anúncio, como foi o caso do senador Brian Schatz, do Havaí. De acordo com o parlamentar, o vice-presidente apenas fez o anúncio porque nenhum republicano conseguiu dissuadir Trump de que era uma “ideia tola”.

“Mesmo que a ‘Força Espacial’ não se concretize, é perigoso ter um líder que não pode ser convencido de suas ideias loucas”, escreveu Schatz. O senador Bernie Sanders foi mais um a criticar o possível gasto bilionário com o novo projeto do governo americano, citando as mortes de americanos por causa da falta de um seguro de saúde.

Por outro lado, o republicano Mike Rogers apoiou a iniciativa do governo americano, afirmando que a Câmara tem advertido “há anos sobre as ameaças aos nossos recursos espaciais e o ritmo inaceitavelmente lento para desenvolver sistemas espaciais mais eficazes”.

Ainda pelas redes sociais, americanos estão criticando e ironizando o projeto. Uma mulher citou a polêmica construção do muro divisório entre Estados Unidos e México para criticar a Força Espacial. “Eu vou construir um muro ao redor da Terra e farei com que Marte pague por isso”, ironizou.

Outras pessoas adotam um tom mais sério para fazer críticas ao projeto, afirmando que o dinheiro poderia ser melhor gasto em outras áreas carentes. “Isso é uma piada, certo? US$ 8 bilhões, nenhum atendimento de saúde, crianças em gaiolas, sem-teto nas ruas, infraestrutura precisando ser aprimorada, veteranos precisando de assistência, segurança digital precisando ser aprimorada, a lista continua e ele quer gastar US$ 8 bilhões em uma Força Espacial?”, questionou outra americana.

 

Leia mais: EUA no Brasil

Fontes:
The Guardian-Space Force: Mike Pence launches plans for sixth military service
CNN-Pence calls for creation of Space Force by 2020
DW-EUA anunciam criação de exército espacial

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *