Início » Internacional » EUA criam lista com nome de imigrantes que cometeram crimes
GOVERNO TRUMP

EUA criam lista com nome de imigrantes que cometeram crimes

Um dos decretos assinados nos últimos dias por Donald Trump cria lista semanal com os nomes dos imigrantes que cometeram crimes nos EUA

EUA criam lista com nome de imigrantes que cometeram crimes
Decreto também mira cidades que se recusam a deportar imigrantes (Foto: Flickr)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Em seu quinto dia de governo, Donald Trump assinou uma série de decretos que dão início à construção do muro na fronteira entre os EUA e o México, impedem a entrada de muçulmanos nos EUA e traçam normas mais rígidas para o acolhimento de refugiados.

Um dos decretos, intitulado “Enhancing Public Safety in the Interior of the United States” (Reforçando a Segurança Pública no Interior dos Estados Unidos, em inglês), tem como alvo “estrangeiros passíveis de remoção”, ou seja, imigrantes que entraram ilegalmente no país ou excederam o tempo de estadia permitido pelo visto. Ele também mira as “cidades santuários”, como são chamadas as cidades que oferecem proteção contra a deportação de imigrantes ilegais.

Entre outras medidas, o decreto corta o aporte financeiro federal para as cidades santuários, embora Trump não tenha autoridade para fazer isso, segundo o procurador geral de Nova York, Eric T. Schneiderman, e se compromete a agilizar a deportação de imigrantes sem documentos.

O decreto terá como alvo imigrantes que cometeram crimes (entrar ilegalmente nos EUA e permanecer mais tempo do que o permitido no país não são considerados crime), mas a lei também se aplica a imigrantes que não tenham cometido nenhum delito, mas, segundo o julgamento de um agente de imigração, representam risco para a segurança pública ou nacional.

O decreto também determina a criação de uma lista com os nomes dos imigrantes que cometeram crimes e das cidades que se recusam a deportar imigrantes, a ser publicada semanalmente no site da Secretaria de Segurança Nacional.

A lista é inspirada no Breitbart News, jornal conservador fundado por Steve Bannon, conselheiro sênior e estrategista de Trump. Em resposta à campanha “Black Lives Matter” (A Vida dos Negros é Importante, em inglês), criada durante os protestos raciais nos EUA, a publicação de Bannon criou uma seção chamada “Black Crime” (Crime negro, em inglês), dedicada a publicar crimes cometidos por pessoas negras.

Fontes:
Quartz-The White House will publish a weekly list of crimes committed by immigrants

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *