Início » Internacional » EUA em alerta por causa de vírus mortal
Parque de Yosemite

EUA em alerta por causa de vírus mortal

Vírus transmitido por roedores pode ter infectado cerca de 10 mil pessoas em um parque natural do país

EUA em alerta por causa de vírus mortal
Alojamento 'Curry Village' no Parque Nacional de Yosemite (Fonte: Reprodução/Trip Advisor)

Cerca de 10 mil pessoas correm risco de ter contraído um vírus mortal transmitido por roedores após terem visitado o Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, neste verão do hemisfério norte.

O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA informou que até agora seis pessoas foram infectadas pelo hantavírus, que pode causar uma grave infecção pulmonar, sendo que dois casos resultaram em morte. Outros casos estão sendo investigados.

Leia também: Casos de febre do Nilo ocidental sobem 40% em uma semana

De acordo com o CDC, as pessoas que se hospedaram no alojamento “Curry Village” entre os dias 10 de junho e 24 de agosto podem desenvolver o hantavírus nas próximas seis semanas. Acredita-se, no entanto, que uma das vítimas tenha contraído o vírus em uma outra área do parque.

Doença mata um terço dos infectados

 

O órgão de saúde dos EUA recomenda que os visitantes que apresentarem sintomas como fadiga, febre, dores musculares, dor de cabeça, calafrios, enjoos, náuseas, vômitos, diarreia, dores abdominais e dificuldades para respirar procurem atendimento médico imediatamente.

A doença é transmitida pela saliva, urina ou excrementos de roedores. Não existe cura contra o hantavírus, mas o tratamento logo após a detecção da doença pode salvar vidas. A doença mata, em média, cerca de um terço dos infectados.

Fontes:
Veja - Vírus mortal pode ter infectado 10.000 pessoas em parque

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. áureo Ramos de Souza disse:

    Lá nos States pode ser hantivirus mais aqui no Brasil é Leptospirose e mata em 24 horas. Um missionário de Congregação Batista contraiu e só sendo um milagre, foi pra UPA três vezes não diagnosticaram nada, foi Hospital do Cancer também nada até que chegou ao hospital do Ipsep já fazia 2 semanas e diagnosticaram Leptospirose, e não morreu.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *