Início » Internacional » EUA iniciam plano de modernização nuclear orçado em US$ 1 trilhão
Armas nucleares

EUA iniciam plano de modernização nuclear orçado em US$ 1 trilhão

Nos próximos 30 anos, EUA investirão US$ 1 trilhão na modernização nuclear do país. Esforço está sendo tocado por um presidente que se comprometeu a reduzir as armas nucleares no mundo

EUA iniciam plano de modernização nuclear orçado em US$ 1 trilhão
Segundo conselheiros próximos de Obama, a visão do presidente mudou devido ao atual cenário mundial (Reprodução/Reuters)

Os Estados Unidos estão colocando em prática o maior plano de revitalização nuclear já visto nas últimas décadas. Instalações nucleares localizadas em vários estados americanos estão sendo modernizadas. Um estudo feito recentemente, pela ONG americana Center for Nonproliferation, revelou que o plano terá um investimento de US$ 1 trilhão ao longo dos próximos 30 anos.

O esforço americano para modernizar o arsenal nuclear do país está sendo tocado sob o governo de um presidente que se comprometeu a reduzir as armas nucleares no mundo. Barack Obama fez campanha por “um mundo livre de armas nucleares” e fez do desarmamento atômico global uma das principais metas de seu governo. Tais esforços renderam ao presidente, em 2009, o Prêmio Nobel da Paz. No ano seguinte, os EUA fecharam com a Rússia o maior acordo de desarmamento nuclear dos últimos 20 anos.

Contudo, segundo conselheiros próximos de Obama, a visão do presidente mudou devido ao atual cenário mundial. “O principal fator que ocasionou a mudança foi a decisão do presidente russo, Vladimir Putin, de invadir a Ucrânia”, diz Gary Samore, um dos principais conselheiros de Defesa de Obama.

Além da crise com a Rússia, a tomada de territórios na Ásia pela China, a expansão do arsenal nuclear do Paquistão e a ameaça do Estado Islâmico tiveram um peso importante na mudança de postura de Washington.

Outros membros do governo, no entanto, justificam o plano nuclear. Segundo Daniel B. Poneman, vice-secretário do Departamento de Energia dos EUA, um “arsenal menor e mais moderno tornará possível reduzir o número de instalações nucleares”.

Apesar disso, é possível que a falta de dinheiro do governo americano atrapalhe o plano de modernização nuclear. “Não há dinheiro suficiente para tocar o plano. Será um fracasso”, diz Jeffrey Lewis, analista de estratégias nucleares do Monterey Institute of International Studies.

Fontes:
The New York Times-U.S. Ramping Up Major Renewal in Nuclear Arms

5 Opiniões

  1. Hugo Leonardo Filho disse:

    O país que conseguir produzir energia nuclear sem radiação, para o bem ou para o mal, será o próximo a dominar o mundo.

  2. luis disse:

    o futuro não será de armas nucleares, especialistas falam dos mísseis supersônicos e hipersônicos, mas claro sempre se terá um estoque nuclear para defender a hegemonia de cada país em sua região. é isso que os EUA estão fazendo, diminuindo as armas nucleares, mas aumentando seu poder, melhorando seu poder de lançá-las, etc….e claro criando escudos antimísseis mais confiáveis….agora quando os hipersônicos e supersônicos estiverem ativos……

  3. jovelino bispo vieira disse:

    mais do que justo que se averigue os crimes cometidos,por esses terrotistas, o que nao se pode admitir e que se tenha na presidencia da republica uma ex-guerrilheira assassina e assaltante de banco, e sem essa de que ” lutaram pela democracia”, hoje ja se sabe que esse pessoal queria era implantar a ditadura comunista no pais

  4. André Luiz D. Queiroz disse:

    Rene Luiz Hirschmann,
    Se o ‘pobre do Iraque’ tivesse uma ‘uzininha’ (sic) atômica, daquelas que produzem como subproduto plutônio — material físsil para bombas nucleares — essas estariam hoje nas mãos de quem?!…
    Seria ótimo se os EEUU e todas as outras potências pudessem efetivamente diminuir seus arsenais nucleares. Mas, nos tempos bicudos que vivemos hoje, simplesmente não dá! Infelizmente, ainda vigora a política do balanço pelo terror, não dá pra ser diferente…

  5. Rene Luiz Hirschmann disse:

    E o pobre do Iraque não pode ter nem uma Uzininha de m…, quem manda estar sentado em cima do PETRÓLEO.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *