Início » Internacional » EUA pede que China interrompa construção de ilhas artificiais
Relações diplomáticas

EUA pede que China interrompa construção de ilhas artificiais

Secretário americano de Defesa afirmou que a construção de ilhas por parte da China estava ‘além dos limites’ dos consensos regionais

EUA pede que China interrompa construção de ilhas artificiais
Os comentários do secretário americano de Defesa, em Pearl Harbor, vieram uma semana após a Marinha americana ter enviado um avião P-8 de reconhecimento para filmar a construção de ilhas chinesas nas disputadas Ilhas Spratly (Foto: Wikimedia)

Na última quarta-feira, 27, o secretário de Defesa dos EUA,  Ashton Carter, pediu que a China e outros países banhados pelo mar da China Meridional interrompam o mais rápido possível a construção de ilhas na região, e busquem uma solução pacífica para as disputas territoriais.

Ele afirmou que a construção de ilhas por parte da China estava “além dos limites” dos consensos regionais, e que aviões militares dos Estados Unidos continuariam a operar na região, como preveem as leis internacionais. “As ações da China estão unindo países na região de novas formas. Elas estão aumentando a demanda por participação americana na região da Ásia e do Pacífico, e nós vamos suprir essa demanda. Continuaremos a ser a principal força de segurança na Ásia e no Pacífico pelas próximas décadas”, disse Carter, em uma cerimônia militar em Pearl Harbor, no Havaí.

Os comentários do secretário americano de Defesa vieram uma semana após a Marinha americana enviar um avião P-8 de reconhecimento para filmar a construção de ilhas artificiais chinesas nas disputadas Ilhas Spratly, no mar da China Meridional. Durante o voo, a rádio da Marinha chinesa alertou constantemente o avião para deixar a região. Membros do governo americano dizem que, desde o início do ano, a China adicionou 800 hectares a cinco postos de controle nas Ilhas Spratly, incluindo 600 hectares.

Vídeos feitos pelo P-8 mostram navios chineses de dragagem transformando recifes em ilhas e portos. A divulgação das imagens irritou o governo de Pequim, que reivindica o arquipélago. As Spratly também são reivindicadas por vários outros países, como Vietnã, Filipinas e Malásia.

 

Fontes:
O Globo-Secretário americano de Defesa pede que China interrompa construção de ilhas artificiais

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *