Início » Economia » EUA registram o maior déficit comercial em 10 anos
O MAIOR DESDE 2008

EUA registram o maior déficit comercial em 10 anos

País registrou um déficit comercial de US$ 55,5 bilhões em outubro, o que sugere que a guerra tarifária de Trump foi ineficaz

EUA registram o maior déficit comercial em 10 anos
Trata-se do quinto mês consecutivo de déficit comercial (Foto: Wikimedia)

O déficit na balança comercial dos Estados Unidos atingiu seu maior patamar em uma década em outubro, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, 6, pelo Departamento de Comércio americano.

Em outubro, o déficit comercial do país chegou a US$ 55,5 bilhões, um aumento de 1,7% em relação ao déficit de US$ 54,6 bilhões registrado no mês anterior. Trata-se do maior déficit comercial já registrado desde 2008, além de ser o quinto resultado negativo em cinco meses consecutivos.

O déficit comercial dos Estados Unidos com a China, alvo de uma intensa guerra tarifária, subiu 7,1%, somando um total de US$ 43,1 bilhões. Durante a guerra tarifária, os Estados Unidos impuseram sobretaxas sobre US$ 250 bilhões em importações chinesas, numa tentativa do presidente Donald Trump de forçar Pequim a realizar as reformas econômicas desejadas por Washington. Trump também impôs sobretaxas ao aço e alumínio provenientes de outros países.

Porém, os resultados divulgados nesta quinta-feira, sugerem que a abordagem de Trump foi ineficaz. A China respondeu com sobretaxas a produtos sensíveis dos Estados Unidos, como a soja, suco de laranja e veículos automotivos. Em outubro, as exportações de soja dos EUA caíram, enquanto as exportações de aeronaves civis, alimentos, rações e bebidas também registraram queda.

Além do déficit na balança comercial, outros dados divulgados pelo governo americano nesta quinta-feira apontam que o setor privado do país contratou menos trabalhadores que o esperado para o período e que houve uma redução nos gastos do consumidor, o que indica uma desaceleração no crescimento econômico.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *