Início » Internacional » EUA subestimaram militantes do Estado Islâmico na Síria, diz Obama
Estados Unidos

EUA subestimaram militantes do Estado Islâmico na Síria, diz Obama

A Síria se tornou o marco zero para os jihadistas no mundo, segundo Obama

EUA subestimaram militantes do Estado Islâmico na Síria, diz Obama
Em entrevista à TV CBS, Obama declarou que EUA subestimaram jihadistas e exército iraquiano (Reprodução/Bloomberg)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou em entrevista para o canal de televisão “CBS”, transmitida neste domingo, 28, que as agências de inteligência do país subestimaram a atividade do Estado Islâmico na Síria. Além disso, os EUA teriam subestimado também a capacidade do exército iraquiano de enfrentar grupos militantes.

A Síria se tornou o marco zero para os jihadistas no mundo. “Mas ao longo dos últimos anos, durante o caos da guerra civil síria, onde essencialmente você tem grandes fatias do país completamente desgovernadas, eles foram capazes de se reconstituir e tomar vantagem desse caso”, explica Obama sobre o domínio do grupo extremista no país.

A coalizão anti-jihadista atacou no domingo refinarias de petróleo controladas pelo grupo radical, no norte da Síria, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos. Os ataques visam a acabar com a fonte financeira do grupo, que comercializa ilegalmente petróleo com a Turquia.

Fontes:
G1 - Inteligência dos EUA subestimou militantes na Síria, diz Obama

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *