Início » Cultura » Esportes » EUA terão segunda maior torcida na Copa de 2014
Dados da FIFA

EUA terão segunda maior torcida na Copa de 2014

Depois dos brasileiros, americanos foram os que mais compraram ingressos para os Jogos no Rio de Janeiro

EUA terão segunda maior torcida na Copa de 2014
Fãs nos EUA compraram um total de 154.412 ingressos para a Copa (Reprodução/Getty)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Apesar das baixas expectativas sobre o desempenho da seleção americana na Copa e da relativa baixa popularidade do futebol nos EUA, os americanos estão mais ansiosos para visitar o Rio de Janeiro em junho deste ano do que a maioria dos estrangeiros de outras nacionalidades. De acordo com a Fifa, 1.591.435 ingressos para os jogos da Copa foram vendidos até agora, sendo que 65% deles, ou 1.041.418 ingressos, foram para brasileiros. A maior parte do que restou foi vendida para fãs nos EUA (154.412 ingressos), seguido por Austrália (40.681), Reino Unido (38.043) e Colômbia (33.126). Tendo em vista que o futebol ainda está longe de ser um esporte popular nos EUA, perdendo para basquete, beisebol, futebol americano, hockey e até corridas de automóvel, o fenômeno tem duas possíveis explicações: 1. Os americanos estão surpreendentemente otimistas quanto às chances da sua seleção. Isso é pouco provável, considerando que o país está no chamado “Grupo da Morte”, onde terá de enfrentar rivais de peso como Alemanha, Portugal e Gana nas primeiras rodadas do Mundial. Até o técnico da seleção americana, Jurgen Klinsmann, descreveu seu grupo como “o pior dos piores”. 2. Os americanos têm mais renda disponível para gastar em eventos esportivos internacionais. De acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico , os EUA ocupam o primeiro lugar entre os 36 países pesquisados ​​em termos de renda por domicílio, isto é, a quantidade de dinheiro (após impostos) que uma família tem para gastar em bens e serviços. Os EUA também têm a maior população de qualquer um dos países participantes do torneio. Então, apesar de a OCDE alertar para a terrível desigualdade de renda dos americanos, o tamanho da população e a quantidade de riqueza no topo da pirâmide social significa que muita gente tem dinheiro de sobra para gastar no Brasil, mesmo que a sua seleção seja eliminada na primeira rodada.

Fontes:
Bloomberg - Three Things World Cup Ticket Sales Say About Americans

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *