Início » Internacional » Ehud Olmert é condenado a 18 meses de prisão
EX-PREMIER DE ISRAEL

Ehud Olmert é condenado a 18 meses de prisão

Decisão foi tomada pelo Supremo Tribunal de Israel

Ehud Olmert é condenado a 18 meses de prisão
Ex-premier vai começar a cumprir a pena no próximo dia 15 de fevereiro (Fonte: Reprodução/EPA)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ex-primeiro-ministro de Israel Ehud Olmert foi condenado nesta terça-feira, 29, a 18 meses de prisão por corrupção. Trata-se do primeiro ex-chefe de governo israelense a ir para a prisão.

A decisão foi tomada pelo Supremo Tribunal do país que reduziu a pena inicial de seis anos de prisão ditada em maio de 2014 pelo tribunal de Jerusalém.

Ehud Olmert, que tem 70 anos, vai começar a cumprir a pena no próximo dia 15 de fevereiro.

O ex-premier é acusado de suborno para supostamente promover um grande projeto imobiliário em Jerusalém durante seu mandato de prefeito (1992-2003). O caso ficou conhecido como Holyland.

A condenação de Olmert põe fim à especulação de que ele poderia voltar à vida política.

Olmert, primeiro-ministro entre 2006 e 2009, nega qualquer irregularidade no projeto imobiliário. Em declaração a jornalistas, o ex-premier disse que “um grande peso foi tirado do meu coração com a decisão do Supremo Tribunal de me absolver da principal acusação no caso Holyland”.

Fontes:
G1 - Israel condena ex-premiê Ehud Olmert a 18 meses de prisão

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. neyjos disse:

    Se essa moda pega aqui no Brasil? e tem ex-governadora do maranhão que já ate mudou para Miami.

  2. Roberto1776 disse:

    Ele não foi condenado devido ao projeto imobiliário conhecido como HOLYLAND. Faltou dizer a razão desta atual (menor) pena. A pena original, referente ao projeto Holyland, era de mais de 60 meses.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *