Início » Internacional » Extravagâncias arquitetônicas da China
arquitetura exótica

Extravagâncias arquitetônicas da China

Prédios governamentais exagerados da China vão do modernismo brutalista ao kitsch de Versailles

Extravagâncias arquitetônicas da China
Governo reconheceu que “estruturas chamativas comprometeram a imagem” do Partido Comunista (Reprodução/Economist)

Opulentos e cercados, eles se multiplicaram por toda a China: prédios governamentais exagerados que custaram grandes somas ao orçamento público e que contrastam com o estado precário de tantas residências e escolas.

Em termos de estilo, eles vão do modernismo brutalista ao kitsch de Versailles. Em termos de função, são menos grandiosos. As quatro torres na segunda foto são a sede do governo de Chanxiang, um município de Zhejiang com apenas 620.000 habitantes. Em um sinal de que entende a frustração pública com os desperdícios, e as suspeitas de corrupção associadas a esses projetos, o governo central ordenou uma suspensão generalizada de construções de prédios governamentais.

A suspensão também inclui hotéis governamentais e centros de treinamento. Ao anunciar a suspensão, o governo reconheceu que “estruturas chamativas comprometeram a imagem” do Partido Comunista e geraram uma “reação pública de desaprovação veemente”.

Texto da revista Economist editado para o Opinião e Notícia

Tradução: Eduardo Sá

Fontes:
The Economist-Architectural bombast

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Élio J. B. Camargo disse:

    Até parece uma capital federal que construiu um estádio de primeira e o time na divisão C.

  2. Miguel Meira disse:

    Lá como aqui. A ultima de Curitiba é um viaduto de meia dúzia de metros estaiado. No mínimo o dobro do valor de um viaduto comum. É ou não é meter a mão na cumbuca. E a besta do novo prefeito me vem dizer que não pode baixar o valor da passagem, que não existe dinheiro para construir creches porque os terrenos são caros, a velha ladainha de sempre.Vai para a PQP antes que eu me esqueça. Honra as calças !

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *