Início » Cultura » Famosas touradas espanholas podem estar com os dias contados
Espanha

Famosas touradas espanholas podem estar com os dias contados

O esporte brutal bateu recorde de mortes em 2015, e cidadãos espanhóis levantam a questão de tradição versus zelo à vida

Famosas touradas espanholas podem estar com os dias contados
O elevado número de mortes durante as touradas levanta o debate na Espanha (Foto: Wikipedia)

O grave ferimento do toureiro Francisco Rivera Ordóñez em 10 de agosto na cidade de Huesca, Espanha, pode ter sido um momento decisivo para as tradicionais touradas. Paquirri, nome artístico de Francisco, foi ferido por um touro que cravou um de seus enormes chifres em seu abdômen. Os médicos afirmam que ele vai sobreviver ao acidente.

Em uma época em que a Espanha é cada vez mais contra o abatimento de touros por prazer, o acidente reanima questões antigas sobre o esporte. “O início do fim das touradas?”, questionou o jornal El Diario, após o acidente de Francisco, lembrando que duas cidades espanholas já tornaram o esporte ilegal.

Um dos motivos de o acidente ter causado tanta agitação é o fato de que aconteceu no que parece ser a semana de tourada espanhola mais sangrenta de todas. Oito pessoas morreram durante as corridas de touros desta temporada, de acordo com o Daily Mail.

O registro de mortes na temporada de 2015 é extremamente alto. Apenas 15 pessoas morreram por causa do esporte entre 1924 e 2014, de acordo com o jornal Independent.

Em várias cidades da Espanha, festivais de verão são marcados pela corrida com os touros pela cidade em direção às arenas, onde toureiros matam os animais com espadas. Nos últimos dois meses, porém, touros feriram e mataram pessoas nas ruas e nas arenas de Penafiel, Toleto, Lerin, Valencia, Murcia, Castellon e Alicante.

Em 2010, a Catalunha se tornou a segunda província espanhola a banir as touradas, depois das Ilhas Canárias. Cerca de 200 mil catalães assinaram uma petição exigindo que o esporte fosse proibido.

Em 25 de setembro de 2011, quase 20 mil pessoas encheram a famosa arena La Monumental para assistir os toureiros mais famosos do país se apresentarem pela última vez.

“Uma cidade como Barcelona fechar esta arena é como jogar no lixo uma pintura de Picasso”, um fã disse à BBC na época.

É um debate que vem de décadas: muitos espanhóis consideram as touradas uma tradição centenária. Muitos outros, porém, as consideram uma barbárie e acham que deve ser deixada no passado.

Fontes:
The Washington Post - A bloody summer for bullfighting could put Spain’s brutal sport out to pasture

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *