Início » Vida » Ciência » Farmacêuticas se unem contra o ebola
Cura para o ebola

Farmacêuticas se unem contra o ebola

GSK e Johnson & Johnson já preveem uma possível parceria para acelerar a produção da dose experimental da vacina contra o vírus

Farmacêuticas se unem contra o ebola
A Johnson & Johnson afirmou nesta quarta-feira, 22, que já está acelerando seus trabalhos em prol da vacina experimental contra o ebola (Reprodução/Internet)

As principais farmacêuticas mundiais pretendem se unir contra a epidemia de ebola. GSK e Johnson & Johnson já preveem uma possível parceria para acelerar a produção da dose experimental da vacina contra o vírus para serem distribuídas no ano que vem.

A Johnson & Johnson afirmou nesta quarta-feira, 22, que já está acelerando seus trabalhos em prol de uma vacina experimental contra o vírus, com o objetivo de produzir 1 milhão de doses no próximo ano, 250 mil das quais espera estarem disponíveis até maio. O chefe de pesquisa da GSK, Paul Stoffels, disse que ambas as companhias apoiariam o trabalho uma da outra e combinariam suas vacinas caso isso fizesse sentido.

Atualmente não há vacina comprovada contra o vírus. Os testes clínicos da vacina da GSK e outra da NewLink Genetics estão em andamento, e a vacina da Johnson & Johnson em humanos começará a ser testada no início do 2015. A Organização Mundial da Saúde espera que a partir de janeiro, os profissionais que trabalham diretamente com pessoas infectadas comecem a receber as vacinas, como parte de testes clínicos em larga escala.

 

Fontes:
Reuters-Farmacêuticas unem forças para produzir doses de vacina contra Ebola

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *