Início » Internacional » Fidel fala em morte e se despede do povo cubano
CUBA

Fidel fala em morte e se despede do povo cubano

Em discurso feito em Havana, líder se despediu da política e do povo cubano, mas pediu que o Partido Comunista continue a cumprir sua visão comunista

Fidel fala em morte e se despede do povo cubano
‘Logo estarei com 90 anos. A hora chega para todos nós’, disse Castro (Foto: Flickr/Las Razones de Cuba)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Fidel Castro se despediu do povo cubano pedindo aos membros do Partido Comunista que cumpram sua visão comunista. A despedida ocorreu em Havana, na última terça-feira, 19, em um dos mais longos discursos já feitos pelo líder nos últimos anos.

“Logo estarei com 90 anos. A hora chega para todos nós, mas as ideias do comunismo cubano perdurarão”, disse Castro, em referência a seu próximo aniversário, que é em 13 de agosto.

Enquanto Castro se despede, o Partido Comunista cubano tem outros planos para o irmão do líder, Raúl Castro, e para José Ramón Machado Ventura, segundo na linha de comando. O partido espera que a coligação governe a ilha por, no mínimo, mais um mandato de cinco anos.

A reeleição indica que apesar da dramática mudança nas relações com os Estados Unidos e da busca por mudanças econômicas, o governo Castro não tem nenhuma pressa em ceder espaço para novas lideranças políticas. Tal fato é uma decepção para jovens cubanos ávidos por um sistema político mais plural, liderado por pessoas de sua geração e livre da doutrina comunista.

Há anos, Raul Castro vem falando da necessidade de preparar os jovens para assumir o governo. O paradoxo é que tais lideranças já existem, mas não encontram espaço dentro da política cubana. “Precisamos de uma profunda mudança no partido. Não é uma questão de preparar pessoas ou criar lideranças. É uma questão de dar visibilidade a elas”, disse, em entrevista ao New York Times, Harold Cárdenas Lema, fundador do blog La Joven Cuba.

Fontes:
The New York Times-In Farewell, Fidel Castro Urges Party to Fulfill His Vision

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Ludwig Von Drake disse:

    O bom comunista (existe isso?) é incapaz de aprender e mudar. Lendo os últimos textos de Fidel é possível perceber que o comunismo mudou, mas os comunistas permanecem os mesmos.

  2. Brazilino Esperanza disse:

    De fato comunismo não rima com democracia. Não há rima pobre que dê jeito nisto. Que Deus se apiade dos Cubanos.

  3. ANTUNES BRANCO disse:

    Ja vai tarde , patrono do atraso ….

  4. . disse:

    QUE O DEMÔNIO GUARDA UM ÓTIMO LUGAR PARA ESTE GERME, ESTE CANALHA DE COMUNISTA DE MERDA, UM LUGARZINHO BEM PELANDO. VASO RUIM NÃO QUEBRA, O PRAGA QUE NÃO MORRE NUNCA, JÁ VAI TARDE.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *