Início » Internacional » Fidel nacionaliza as empresas de Cuba
Nesta Data

Fidel nacionaliza as empresas de Cuba

No dia 21 de feveireiro de 1960, Fidel Castro nacionalizou as empresas de Cuba, fato que incomodou os EUA e motivou o embargo econômico

Fidel nacionaliza as empresas de Cuba
Fidel Castro assumiu o governo de Cuba após a revolução que destituiu Fulgêncio Batista (Foto: Reprodução/Internet)

A retomada de relações do Cuba com o EUA é um assunto recente e que colocou em pauta o embargo comercial que durou mais de 50 anos. Um dos principais motivos que levou os Estados Unidos a adotar o bloqueio foi a aproximação do governo cubano com o regime socialista e os soviéticos. Uma das atitudes que demonstrou isso foi a nacionalização das empresas no país adotada pro Fidel Castro em 21 de fevereiro de 1960.

Fidel assumiu o poder na ilha no dia 1 de janeiro de 1959, ao destituir o presidente Fulgêncio Batista após revolução que liderou ao lado de Ernesto Che Guevara, seu irmão e atual presidente, Raul Castro, e Camilo Cienfuegos.

A reforma agrária e a nacionalização adotadas pelo novo governante passaram a preocupar os Estados Unidos, que importavam um terço de seu consumo de açúcar do país. O presidente americano, Dwight D. Eisenhower passou a adotar medidas de restrição no comércio, o que levou a maior aproximação entre Cuba e URSS. Em 1962, John F. Kennedy, novo líder americano, define oficialmente o embargo.

Em 2014, Barack Obama reabriu as conversas para uma reaproximação econômica e diplomática entre os países, encerrando um período de mais de 50 anos, que foi praticamente letal à economia do país latino.

Fontes:
Época-ENTENDA COMO COMEÇOU O EMBARGO ECONÔMICO DOS EUA A CUBA

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *