Início » Internacional » Florestas continuam crescendo em território francês
FRANÇA

Florestas continuam crescendo em território francês

A presença dos lobos não impede o crescimento das florestas na França, que agora cobrem quase um terço do país

Florestas continuam crescendo em território francês
Os franceses têm uma tradição de preservar as florestas do país (Foto: Wikimedia)

“É preciso controlar a proliferação dos lobos”, disse um sapateiro aposentado para agricultores e funcionários do governo reunidos em um salão de uma pequena cidade do departamento de Lozère, no sul da França. Francis Palombi, um candidato a deputado, cita com frequência a ameaça dos lobos em sua campanha eleitoral na região rural do país.

Os lobos foram erradicados da França antes da Segunda Guerra Mundial, mas reapareceram em grande quantidade a partir do início da década de 1990, no sul e no leste do país. Calcula-se que entre 300 a 400 lobos espalham-se pelas florestas e montanhas. O retorno dos lobos talvez soe romântico para os moradores das cidades, mas não para os agricultores que criam animais em suas propriedades.

As queixas da população de Lozère não se limitam aos lobos. As conexões telefônicas são precárias nas pequenas comunas nas encostas das montanhas. Os jovens vão para as cidades em busca de oportunidades melhores de trabalho. “Lozère é um dos departamentos com mais florestas na França, é preciso usar a biomassa como fonte de energia”, disse Palombi. “Temos um enorme potencial energético em nossas florestas. Por que não o usamos?”, pergunta um morador.

Os franceses têm uma tradição de preservar as florestas do país, sobretudo depois da promulgação do código florestal em 1669, e de usá-las para a caça de animais selvagens. Após a Revolução Francesa, a caça antes restrita aos nobres foi liberada para todos os cidadãos. Em meados do século XX, mais de 2 milhões de pessoas tinham o hábito de passar os fins de semana de inverno caçando javalis e aves. Hoje, segundo a Fédération Nationale des Chasseurs, só 1,1 milhão de pessoas têm licenças de caça.

As florestas cresceram rapidamente na França nos últimos 25 anos até 2015, em uma média de 102 mil hectares por ano. Quase um terço da França é arborizado. As áreas danificadas por incêndios florestais diminuíram em dois terços desde a década de 1980. No entanto, apesar da preservação ambiental e da revitalização do programa florestal os agricultores de Lozère continuam a se queixar da ameaça dos lobos e não votaram em Palombi nas eleições. É provável que tenham duvidado de sua capacidade para controlá-los.

Fontes:
The Economist-Despite fears of wolves, forests are spreading fast in France

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *