Início » Internacional » Forças da Paz da ONU exploram sexualmente mulheres e crianças no Haiti
Denúncia

Forças da Paz da ONU exploram sexualmente mulheres e crianças no Haiti

Relatório da ONU revela que soldados usavam sexo como moeda de troca para fornecer alimentos e remédios a mulheres e meninas no Haiti

Forças da Paz da ONU exploram sexualmente mulheres e crianças no Haiti
Segundo relatório, a prática ocorria há quase uma década (Foto: Wikimedia)

Soldados das Forças de Manutenção da Paz da ONU, conhecidos como capacetes azuis, vem explorando sexualmente mulheres e meninas no Haiti em troca de comida e medicamentos. O fato foi revelado em um relatório feito pelo Escritório de Supervisão Interna da ONU (OIOS, na sigla em inglês). O documento será divulgado ainda este mês, mas a agência Associated Press teve acesso a ele.

De acordo com o documento, o problema não é novidade no país e ocorre há quase uma década. Porém, a prática vai contra a política da ONU, que proíbe a exploração e o abuso sexual por parte dos soldados.

O relatório tem como base as denúncias de abuso sexual feitas em 2006 contra os soldados. Investigadores da OIOS foram ao Haiti para apurar o caso. O relatório produzido por eles revela que um terço dos casos de abuso foi contra meninas menores de 18 anos. O documento também classifica a ajuda oferecida a essas vítimas como “severamente precária”.

No ano passado, os investigadores entrevistaram 231 haitianas que afirmaram ter feito “sexo em troca de ajuda” com os soldados. “No caso de mulheres em áreas rurais, a fome, a falta de segurança, a necessidade de produtos domésticos e para bebês foram citados como desencadeadores do abuso. Já as mulheres da cidade e dos subúrbios faziam sexo com os soldados em troca de calçados, perfumes, produtos eletrônicos e dinheiro”.

A denúncia de exploração sexual no Haiti ocorre uma semana após a ONU anunciar a criação de uma comissão para investigar casos de abuso sexual infantil cometido por soldados franceses das Forças de Manutenção da Paz.

Fontes:
The Independent-UN peacekeepers sexually abuse hundreds of women and minors in Haiti in exchange for food and medicine, new report will reveal

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *