Início » Internacional » França coloca 10 mil militares nas ruas para reforçar segurança
Após atentados

França coloca 10 mil militares nas ruas para reforçar segurança

Entre os locais sob proteção extra estão escolas para crianças judias, mesquitas e lojas de muçulmanos

França coloca 10 mil militares nas ruas para reforçar segurança
Militares foram colocados em locais considerados mais sensíveis (Fonte: Reprodução/TV Globo)

Após os recentes ataques no país, o governo da França mobilizou 10 mil soldados e policiais para garantir a segurança nas ruas. Os militares fortemente armados estão de prontidão em locais considerados possíveis alvos terroristas.

Entre os locais sob proteção extra estão escolas para crianças judias, mesquitas e lojas de muçulmanos. O governo francês afirmou que não vai aceitar que as crianças faltem às aulas porque se sentem ameaçadas.

O ministro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian, informou nesta segunda-feira, 12, que o presidente François Hollande pediu ajuda das Forças Armadas para reforçar a segurança no país porque ainda há ameaças.

O número de militares destacados é quase a mesma quantidade de soldados nas operações externas da França.

Apesar das ameaças e dos recentes ataques, os franceses se uniram no último domingo, 11, para protestar contra o terrorismo e defender a liberdade de expressão. As marchas em todo o país reuniram 3,7 milhões de pessoas.

A próxima edição do jornal satírico Charlie Hebdo exibe em sua capa o profeta Maomé segurando uma placa onde está escrito “Eu sou Charlie”. O título do jornal diz “Tudo Está Perdoado”. A edição terá tradução para 16 idiomas. Serão 3 milhões de cópias distribuídas para a França e outros países. A triagem normal do jornal era de 60 mil exemplares antes do atentado que deixou 12 mortos.

Fontes:
Jornal da Globo - França mobiliza 10 mil militares para garantir a segurança no país

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *