Início » Internacional » Franceses fazem greve geral contra reforma da Previdência
PARALISAÇÃO

Franceses fazem greve geral contra reforma da Previdência

Foram convocadas 245 manifestações em todo o país

Franceses fazem greve geral contra reforma da Previdência
Greve já afetou o funcionamento de serviços como trens, aviões, escolas, hospitais, entre outras atividades (Fonte: Reprodução/Twitter/@SaskyaCNN)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A França enfrenta nesta quinta-feira, 5, uma greve geral contra o novo projeto de reforma da Previdência defendido pelo governo Macron. O movimento está afetando vários serviços no país.

Trabalhadores querem que o governo abandone as novas medidas sobre as aposentadorias. A greve já afetou o funcionamento de serviços como trens, aviões, escolas, hospitais, entre outras atividades.

Cerca de 90% dos trens e 80% dos ônibus em Paris estão parados. O funcionamento dos aeroportos também foi afetado, assim como a coleta de lixo.

O presidente da França, Emmanuel Macron, defende uma série de cortes nos gastos públicos sob o argumento de tornar a economia do país mais competitiva. Entre as propostas do governo, está a simplificação do sistema de aposentadorias, que, segundo Macron, é muito dispendioso atualmente.

O governo quer substituir os 42 regimes de pensões que existem hoje na França por um sistema por pontos, extinguindo com direitos trabalhistas.

Um total de 245 manifestações foram convocadas em toda a França nesta quinta-feira. O comércio foi recomendado a fechar por conta do risco de confrontos.

Fontes:
EBC - Paris enfrenta greve geral que pode atingir outras cidades da França

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Rogerio de Oliveira Faria disse:

    Enquanto isso em “terras brasilis”…

  2. Almanakut Brasil disse:

    Liberté, égalité e vá sifudê!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *