Início » Internacional » Furacão Isaac chega aos EUA com ventos de 130km/h
Aniversário do Katrina

Furacão Isaac chega aos EUA com ventos de 130km/h

Tempestade tropical promete ser primeiro grande teste das novas proteções contra enchentes de Nova Orleans

Furacão Isaac chega aos EUA com ventos de 130km/h
Chuvas fortes já atingem Nova Orleans (Fonte: Reprodução/Agência Efe)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O furacão Isaac, de categoria 1, chegou à costa norte-americana nesta quarta-feira, 29, com ventos atingindo 130km/h. Os temporais causados pelo furacão já provocaram o transbordamento de um dique no estado da Louisiana, o que pode causar graves enchentes.

Cerca de 180 mil casas e comércios estão sem energia elétrica e algumas estradas foram inundadas, ficando totalmente “intransponíveis”, segundo autoridades.

O Isaac agora ameaça avançar para a cidade de Nova Orleans, exatamente no dia do aniversário de sete anos da passagem do furacão Katrina, o mais devastador da história dos EUA, que destruiu a cidade.

Teste para Nova Orleans

O furacão quase atrapalhou a abertura da Convenção Nacional Republicana, realizada em Tampa, que oficializou a candidatura de Mitt Romney à presidência dos EUA.

Apesar de o Isaac ser bem mais fraco que o Katrina, que atingiu categoria 3, a expectativa é de que a tempestade tropical teste as novas proteções contra inundações de Nova Orleans, que custaram bilhões de dólares, e também a preparação das autoridades da cidade. Em 2005, 1.800 pessoas morreram em decorrência da passagem do Katrina.

Antes de atingir a costa norte-americana, o Isaac causou 10 mortes e deixou seis desaparecidos no Haiti, além de dois mortos na República Dominicana.

Fontes:
Estadão - 'Issac' chega aos EUA e dique contra enchentes transborda na Louisiana
Reuters - Isaac testa proteção de Nova Orleans no aniversário do Katrina

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Marcos Rodrigo Minharo disse:

    Galera paga o preço pelos EUA tratarem tão bem o meio ambiente e este devolver na mesma moeda o que lhe foi dado.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *