Início » Internacional » G7 concorda em ajudar países atingidos por incêndios na Amazônia, diz Macron
QUEIMADAS NA AMAZÔNIA

G7 concorda em ajudar países atingidos por incêndios na Amazônia, diz Macron

Queimadas na Amazônia foram inseridas na pauta do G7

G7 concorda em ajudar países atingidos por incêndios na Amazônia, diz Macron
A cúpula do G7 termina nesta segunda-feira, 26 (Fonte: Reprodução/Twitter/@G7)

As queimadas na Amazônia estão sendo debatidas na cúpula do G7, na cidade de Biarritz, na França, que termina nesta segunda-feira, 26.

Neste domingo, 25, o presidente francês, Emmanuel Macron, afirmou que a cúpula do G7 concordou em ajudar os países atingidos pelos incêndios.

“Há uma convergência real para dizer que todos concordamos em ajudar os países afetados por esses incêndios o mais rápido possível”, disse o anfitrião da cúpula das sete grandes economias mundiais.

Macron também ressaltou a necessidade de recuperar as áreas afetadas: “Respeitando a soberania, nós devemos ter um objetivo de reflorestamento. A importância da Amazônia para esses países e para a comunidade internacional é tão grande em termos de biodiversidade, oxigênio e luta contra as mudanças climáticas, que precisamos proceder o reflorestamento”.

O presidente francês disse ainda que a Colômbia solicitou ajuda à comunidade internacional para enfrentar essa situação, e que a França vem fazendo contatos “com todos os países da Amazônia”, com o objetivo de disponibilizar “meios técnicos e financeiros”.

Neste sábado, 24, o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, afirmou que “é difícil imaginar um processo harmonioso de ratificação do tratado com o Mercosul por parte dos países europeus enquanto o governo brasileiro permitir o desmatamento da Amazônia”.

Fontes:
G1 - G7 concorda em ajudar países afetados por incêndios na Amazônia 'o mais rápido possível', diz Macron

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *