Início » Internacional » GM contabiliza 121 mortes por defeito na ignição de carros
'Escândalo da ignição'

GM contabiliza 121 mortes por defeito na ignição de carros

Fabricante norte-americana se comprometeu a pagar US$ 1 milhão por morte

GM contabiliza 121 mortes por defeito na ignição de carros
Chave pode girar com carro em movimento (Fonte: Reprodução/Jeff Kowalsky/Bloomberg)

O fundo de compensação criado pela General Motors (GM) para indenizar vítimas e familiares afetados por um defeito na ignição de seus carros aumentou nesta segunda-feira, 6, para 121 o número de vítimas mortais em decorrência do problema.

A norte-americana GM reconheceu publicamente a existência do defeito em 2,6 milhões de veículos no início do ano passado. O fundo também aprovou nesta segunda oito novas reivindicações por lesões.

De acordo com o advogado Kenneth Feinberg, que administra o fundo de forma independente, já foram aprovadas indenizações em 14 casos de lesões muito graves e em 237 casos de lesões de menor gravidade.

A GM se comprometeu a pagar US$ 1 milhão por morte reconhecida pelo fundo. Também foram reservados US$ 550 milhões para atender as reivindicações das vítimas que se machucaram.

O fundo recebeu até agora 4.342 solicitações de compensação, incluindo 474 por morte, 289 por lesões muito graves e 3.579 por ferimentos de menor gravidade.

A falha no sistema de ignição de carros da GM foi identificada em modelos produzidos no fim da década de 1990 e no início dos anos 2000. O defeito permite a desativação involuntária e repentina do motor do veículo, desligando também o sistema de airbags.

Fontes:
G1 - Defeito na ignição de carros da GM já matou 121

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *