Início » Internacional » Governador de Hong Kong cede ao diálogo, mas não renuncia
Mundo

Governador de Hong Kong cede ao diálogo, mas não renuncia

Leung Chun-ying, afirmou que não vai renunciar, mas aceitou conversar com os manifestantes, numa aparente tentativa de diálogo

Governador de Hong Kong cede ao diálogo, mas não renuncia
Os manifestantes, na sua maioria estudantes, pedem uma democracia plena na ex-colônia britânica que passou para controle chinês em 1997 (Reprodução/AFP)

Nesta quinta-feira, 2, o chefe do governo de Hong Kong, Leung Chun-ying, afirmou que não vai renunciar ao cargo, mas aceitou conversar com os manifestantes e nomeou um funcionário para se reunir com os manifestantes, numa aparente tentativa de diálogo.

Leia mais: Manifestantes exigem a renúncia do líder de Hong Kong

“Não vou me demitir porque tenho que continuar fazendo o trabalho. Estou agora nomeando o secretário-chefe para representar o governo de Hong Kong e se reunir com os representantes da Federação de Estudantes para discutir assuntos de desenvolvimento constitucional” declarou Leung.

De acordo com o South China Morning Post, a polícia criou um cordão de isolamento e estaria munida de balas de borracha e outros equipamentos antimotim. O governo anunciou que as aulas em todas as escolas das regiões ocupadas pelos manifestantes continuarão suspensas na sexta-feira devido às interrupções de tráfego e para garantir a segurança dos alunos. O governo pediu que os manifestantes deixassem as ruas de Hong Kong de forma pacífica.

Os manifestantes, na sua maioria estudantes, pedem uma democracia plena na ex-colônia britânica que passou para controle chinês em 1997. Eles exigem que o governo chinês reveja a decisão de impor restrições à eleição direta do próximo chefe do Executivo de Hong Kong, marcada para 2017.

Fontes:
O Globo-Governador de Hong Kong indica funcionário para dialogar com manifestantes, mas descarta renúncia
Folha-Governante de Hong Kong diz que não vai renunciar, mas aceita negociar

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *