Início » Internacional » ONU denuncia Maduro por fechar país a inspetores internacionais
CRISE NA VENEZUELA

ONU denuncia Maduro por fechar país a inspetores internacionais

Alto comissário da ONU se diz chocado com a proibição num momento tão crítico para a Venezuela

ONU denuncia Maduro por fechar país a inspetores internacionais
Venezuela passa por uma crise econômica e política complicada (Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O alto comissário da ONU para Direitos Humanos, Zeid Ra’ad Al Hussein, criticou o governo venezuelano por proibir a entrada de inspetores internacionais no país. “O que exatamente vocês estão escondendo de nós?”. Segundo Hussein, o governo venezuelano negou o visto ao seu representante regional durante os últimos dois anos e meio.

Leia mais: Manifestação na Venezuela levou dezenas de milhares às ruas

“A recusa completa de acesso aos meus funcionários é particularmente chocante, diante das preocupações profundas relacionadas às alegações de repressão de vozes opositoras e da sociedade civil, de prisões arbitrárias, do uso de força exagerada contra manifestantes pacíficos, da erosão da independência da Justiça e da dramática queda dos direitos sociais e econômicos, com fome disseminada e deterioração do sistema de saúde.”

No entanto, Hussein disse, durante a abertura da 33ª sessão do Conselho de Direitos Humanos, que a proibição do país não vai silenciá-lo. “Vamos declarar nossa preocupação sobre os direitos humanos dos venezuelanos a cada oportunidade.” Ele também indicou que o monitoramento remoto vai continuar, embora essa ação não substitua as observações de inspetores enviados ao país. A delegação da Venezuela na ONU, por sua vez, disse que vai dar uma resposta oficial na reunião da entidade na próxima quarta-feira, 14.

Além da Venezuela, o alto comissário da ONU também criticou outros governos como o da Síria, Irã, Belarus e Turquia, que se negam a cooperar com os especialistas ou negam parcialmente acesso aos observadores.

Fontes:
Estadão-ONU denuncia Maduro por fechar país a inspetores internacionais
IstoÉ-Comissário da ONU critica Venezuela por impedir acesso de observadores

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *