Início » Internacional » Governo dos EUA diz que uso de armas químicas na Síria é ‘inegável’
Pressão sobre a Síria

Governo dos EUA diz que uso de armas químicas na Síria é ‘inegável’

No discurso mais contundente dos EUA até agora, secretário de Estado chama matança de civis de 'obscenidade moral' e afirma que Obama já cogita uma resposta militar

Governo dos EUA diz que uso de armas químicas na Síria é ‘inegável’
O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, chamou o ataque contra civis na Síria de 'obscenidade moral' (Reprodução/AP)

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, disse nesta segunda-feira, 26, que o uso de armas químicas pelo governo sírio na semana passada é “inegável”. No pronunciamento mais duro contra o regime de Bashar al-Assad até agora, Kerry afirmou que os EUA irão responsabilizar o governo sírio pela morte de mais de mil civis na última quarta-feira,21,  chacina que descreveu como uma “obscenidade moral”.

Nesta segunda-feira, inspetores da ONU puderam visitar alguns dos locais onde armas químicas teriam sido lançadas contra civis em um subúrbio de Damasco, capital do país. Mas a autorização para a entrada dos inspetores quase uma semana após os ataques foi encarada com desconfiança pelos EUA e pelo Reino Unido, que suspeitavam que o governo sírio tentaria apagar evidências do uso de armas químicas.

Leia também: Inspetores da ONU são recebidos a bala em Damasco

O comboio dos inspetores foi alvo de disparos durante o percurso e um dos veículos teve que ser substituído, o que atrasou um pouco a operação. Apesar disso, os inspetores puderam visitar dois hospitais, entrevistar testemunhas e médicos e coletar amostras de algumas das vítimas internadas.

O discurso de Kerry veio poucas horas após a inspeção. Ele acusou as forças de Assad de cinicamente tentarem esconder as evidências para continuar a negar qualquer responsabilidade pelo “crime covarde”. A declaração reforça o posicionamento mais duro que o governo Obama vem adotando contra o governo na Síria e uma guerra que já entrou em seu terceiro ano. Kerry indicou que Obama está avaliando uma possível resposta militar em consultas com seus aliados.

“A matança indiscriminada de civis, o assassinato de mulheres e crianças e pedestres inocentes com armas químicas é uma obscenidade moral”, disse.

Fontes:
The New York Times - Kerry Accuses Syria of Chemical Weapons Attack

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *