Início » Internacional » Governo interino do Egito anuncia eleições parlamentares
Em cerca de seis meses

Governo interino do Egito anuncia eleições parlamentares

Irmandade Muçulmana rejeitou o calendário de eleições proposto nesta segunda pelo governo interino

Governo interino do Egito anuncia eleições parlamentares
Confrontos no Egito (Fonte: Reprodução/Reuters)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um decreto publicado nesta segunda-feira, 8, pelo presidente interino do Egito, Adly Mansour, prevê a realização de eleições parlamentares no país em aproximadamente seis meses.

Leia também: Confrontos no Cairo deixam ao menos 51 mortos
Leia também: Exército abre fogo contra manifestantes no Egito

O decreto também concede a Adly Mansour o poder de editar leis após consultar o governo de transição, cuja formação deve ocorrer em breve. Tal medida deve valer até a eleição de um novo Parlamento.

O presidente interino estabeleceu ainda um prazo de quatro meses e meio para que a nova Constituição do Egito seja elaborada. A Constituição, que foi suspensa na semana passada, havia sido aprovada em dezembro e foi um dos principais motivos de insatisfação no país.

Novos protestos

A Irmandade Muçulmana rejeitou o calendário de eleições proposto nesta segunda pelo governo interino e convocou novos protestos para esta terça-feira, 9.

O Egito vive um clima de tensão. Desde a queda de Mohamed Morsi, na semana passada, os confrontos entre apoiadores e opositores do então presidente aumentaram no país. Dezenas de mortes já foram registradas.

Fontes:
Veja - Egito pode ter eleições parlamentares em seis meses

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *