Início » Internacional » Governo Maduro bane Guaidó de cargos públicos por 15 anos
VENEZUELA

Governo Maduro bane Guaidó de cargos públicos por 15 anos

Banimento é mais um capítulo da crise política da Venezuela, que parece longe do fim

Governo Maduro bane Guaidó de cargos públicos por 15 anos
Guaidó garantiu que continuará atuando como líder da oposição (Foto: Juan Guaidó/Twitter)

O presidente da Assembleia Nacional e autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, ficará impedido de ocupar cargos públicos por 15 anos. O anúncio foi feito pela Controladoria Geral da Venezuela (CGV), nesta quinta-feira, 28.

A afirmação foi feita pelo chefe da CGV, Elvis Amoroso, na TV estatal venezuelana. O afastamento dos serviços públicos por 15 anos é a pena máxima possível. De acordo com Amoroso, “se presume” que Guaidó, que é o principal líder da oposição ao governo de Nicolás Maduro, falsificou a sua declaração de patrimônio. Isso porque Guaidó teria recebido dinheiro por meios internacionais e não teria justificado.

Segundo o Washington Post, Amoroso é um aliado próximo de Maduro. Após o anuncio, Guaidó garantiu que vai continuar como representante da oposição. Autoproclamado presidente da Venezuela, Guaidó é reconhecido como tal por mais de 50 países, entre eles EUA e Brasil.

A investigação da CGV envolvendo Guaidó começou em 2018, obedecendo um pedido da Assembleia Nacional Constituinte – que foi criada por Maduro, em 2017, e, praticamente, retirou todo o poder do Parlamento. No último mês de fevereiro, a CGV já havia alegado que Guaidó tinha falsificado dados na declaração de patrimônio.

A decisão da CGV reforça a crise política e econômica pela qual passa a Venezuela. De um lado, Maduro, que é apoiado por Rússia, China e Turquia, e foi reeleito em uma controversa eleição em 2018, assumindo o novo mandato em janeiro deste ano. Do outro lado, Juan Guaidó, que conta com o apoio de grande parte da comunidade internacional.

Na última quarta-feira, 27, a Organização das Nações Unidas (ONU) já havia mandado um recado para os dois líderes. Em um relatório, a entidade internacional solicitou que Guaidó e Maduro parem de politizar a ajuda humanitária para que a crise na Venezuela chegue ao fim.

Fontes:
The Washington Post-Venezuelan gov’t bars Guaido from public office for 15 years
DW-Guaidó é banido de cargos públicos por 15 anos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *