Início » Internacional » Cientistas rivais se unem para mapear a genética do zika
SAÚDE

Cientistas rivais se unem para mapear a genética do zika

A ideia é mapear o código genético do mosquito para então pensar numa solução para a doença

Cientistas rivais se unem para mapear a genética do zika
Equipe de cientistas fazem videoconferência sobre o assunto (Foto: Twitter)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Com o zika vírus se alastrando pela América Latina e pelo Caribe, alguns pesquisadores querem mapear o DNA do mosquito. O Aedes Genome Working Group acredita que o código genético do mosquito pode ajudar no combate à doença.

O esforço envolve cientistas que raramente colaboram entre si, porque geralmente competem por fundos ou por ter ideias diferentes sobre como manipular geneticamente o mosquito.

O projeto do mapa recebeu pouca atenção, porque ele em si não pode evitar a doença.  Só que o mapeamento genético é uma ferramenta poderosa para conseguir isso.  Um mapa do Aedes aegypti já foi feito em 2007, mas cientistas dizem que ele tinha muitos erros, com centenas de genes faltando e outros duplicados erroneamente.

Com a epidemia de zika, os cientistas estão passando mais tempo  pensando sobre o mosquito. Como é mais fácil manter o Aedes aegypti em laboratórios do que alguns de seus primos mais letais, como o mosquito Anopheles, transmissor da malária, a esperança é que o mapeamento do genoma do Aedes facilite também a compreensão genética dessas outras espécies.

 

 

Fontes:
The New York Times-Team of Rival Scientists Comes Together to Fight Zika

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *