Início » Internacional » Grupos jihadistas mataram mais de 5 mil pessoas em novembro
Violência

Grupos jihadistas mataram mais de 5 mil pessoas em novembro

Cerca de 80% das mortes ocorreram em apenas quatro países: Iraque, Nigéria, Síria e Afeganistão

Grupos jihadistas mataram mais de 5 mil pessoas em novembro
Combatente jihadista no Iraque (Fonte: Reprodução/Reuters)

Um levantamento feito pela BBC e pelo King’s College London revelou que ataques de jihadistas mataram 5.042 pessoas apenas no mês de novembro.

Os civis foram os mais atingidos pelos ataques, com 2.079 mortos, seguidos de 1.723 militares. O grupo autodenominado Estado Islâmico foi o responsável pela maioria dos ataques.

Os jihadistas são grupos militantes muçulmanos que utilizam a violência para impor e disseminar em várias partes do mundo sua visão radical do islamismo.

De acordo com o levantamento, ao todo ocorreram 664 ataques jihadistas em 14 países durante o mês de novembro, com uma média diária de 168 mortes ou sete por hora.

O estudo mostrou ainda que cerca de 80% das mortes se concentraram em apenas quatro países: Iraque, Nigéria, Síria e Afeganistão.

O Iraque é o país que registrou mais mortes no período (1.770 em 233 ataques, que vão desde tiroteios a atentados suicidas), seguido da Nigéria (786 mortes em 27 ataques envolvendo o Boko Haram).

Levando em consideração todos os artefatos utilizados pelos grupos jihadistas, as bombas foram responsáveis pelo maior número de mortes (1.653 em 241 explosões).

Fontes:
BBC Brasil - Ataques jihadistas mataram mais de 5 mil em novembro

2 Opiniões

  1. Joma Bastos disse:

    No Brasil são assassinadas cerca de cinco mil pessoas por mês, sessenta mil por ano.

  2. everton disse:

    nossa e eu ainda não entendo porque o Brasil é o país com mais homicídios no mundo!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *