Início » Internacional » Guaidó convoca greve geral na Venezuela
PROTESTOS

Guaidó convoca greve geral na Venezuela

Autoproclamado presidente interino da Venezuela afirmou que é apoiado pelos funcionários públicos

Guaidó convoca greve geral na Venezuela
Guaidó durante manifestação contra o governo Maduro (Fonte: Reprodução/Twitter/@jguaido)

O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, utilizou nesta quarta-feira, 1º, a sua conta no Twitter para convocar uma greve geral no país.

Guaidó afirmou que é apoiado pelos funcionários públicos venezuelanos. “A fase final da Operação Liberdade começou ontem com a participação das nossas Forças Armadas e agora nossos empregados públicos se uniram [a nós]. Vamos acompanhá-los em sua proposta de paradas escalonadas que começa amanhã [2] até chegar à greve geral”, escreveu o autoproclamado presidente interino.

Em discurso para seus apoiadores durante uma manifestação em Caracas na tarde desta quarta, Juan Guaidó pediu que mantenham a pressão contra o presidente Nicolás Maduro com novas marchas pelas ruas da Venezuela.

“Na Venezuela, a única forma de haver um golpe de Estado é me prendendo. Pelo contrário, hoje são os valentes militares e civis que dão um passo adiante e estão com a nossa Constituição”, disse Guaidó durante a manifestação.

Nesta quarta, ao longo de todo o o dia, Juan Guaidó, Nicolás Maduro e seus respectivos apoiadores divulgaram nas redes sociais fotos de manifestações em várias cidades venezuelanas.

Na última terça-feira, 30, Guaidó iniciou a “Operação Liberdade” na Venezuela. O autoproclamado presidente interino afirmou que tinha apoio das Forças Armadas venezuelanas. Em meio a confrontos entre manifestantes e militares, um blindado militar atropelou um grupo que protestava contra Maduro.

Em pronunciamento na TV, o presidente Nicolás Maduro negou que tenha ordenado que o blindado militar avançasse contra manifestantes. Maduro também voltou a acusar os EUA de planejarem um golpe de Estado.

A Venezuela enfrenta uma grave crise econômica há meses.

Leia também: Bolsonaro autoriza asilo de 25 militares venezuelanos

Fontes:
EBC - Guaidó convoca greve geral em mais um dia de protestos na Venezuela

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *