Início » Internacional » Haitianos fazem manifestação contra declarações de Trump
PROTESTO EM MIAMI

Haitianos fazem manifestação contra declarações de Trump

Haitianos se reuniram em passeata em Miami contra os comentários de Trump sobre imigrantes africanos, salvadorenhos e haitianos

Haitianos fazem manifestação contra declarações de Trump
A passeata dos imigrantes contou ainda com apoio de simpatizantes (Foto: Twitter)

Dezenas de haitianos fizeram uma manifestação em Miami, nos Estados Unidos, contra os comentários do presidente americano Donald Trump, que teria chamado o Haiti e países da África de “países de m*” na última quinta-feira, 11. Trump, em várias mensagens pelas redes sociais, negou ter usado a expressão. A passeata dos imigrantes, que contou ainda com apoio de simpatizantes, ocorreu na última sexta-feira, 12.

“Agora que foram tiradas todas as roupas do imperador, já vemos. (Trump) Está salvando esta nação para os imigrantes brancos e dizendo às pessoas pretas ‘vá pro inferno'”, afirmou Steven Forester, do Instituto Para a Justiça e Democracia no Haiti e um dos integrantes da passeata.

Os haitianos se reuniram no bairro Pequena Haiti, no Centro Cultural Pequeno Haiti, chamando os comentários do presidente Donald Trump de “racistas” e carregando cartazes com os dizeres: “O presidente Trump é racista!”, “Respeito ao Haiti” e “Não esqueceremos”. Em 2016, Trump fez uma parada na localidade durante a sua campanha presidencial.

“Isso é uma coisa que está nas suas veias, isto é ele (Trump)”, apontou o imigrante Erns Robillard, que chegou aos Estados Unidos em 2000, mostrando não estar surpreso pelos comentários do presidente americano.

Outra crítica durante a manifestação foi o fato do governo de Donald Trump ter decidido finalizar o programa de Status de Proteção Temporária para haitianos, que beneficiava mais de 46 mil imigrantes do Haiti.

Fontes:
G1 - Imigrantes haitianos repudiam em Miami comentários de Trump

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Daniela Villa disse:

    Os haitianos aproveitariam melhor o seu tempo se em vez de passeatas fizessem umas horas extras; e a noite tentassem quebrar o Trump com o Barão Samedi e a maitresse Brigite.

  2. Fernando Maria disse:

    Acho uma boa iniciativa! Mas infelizmente aquelas manifestações contra as declarações do Trump não tem nenhum efeito…pena!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *