Início » Internacional » Hillary é oficializada candidata dos democratas à Casa Branca
ELEIÇÕES AMERICANAS

Hillary é oficializada candidata dos democratas à Casa Branca

Anúncio foi feito durante a convenção do partido na Filadélfia. Em discurso, Hillary Clinton disse se tratar de um dia histórico para as mulheres

Hillary é oficializada candidata dos democratas à Casa Branca
Hillary é a primeira mulher com chances reais de se tornar presidente dos EUA (Foto: Flickr/Gage Skidmore)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Hillary Clinton foi oficializada candidata do partido democrata à Casa Branca na noite da última terça-feira, 26. O anúncio foi feito durante a convenção do partido realizada na Filadélfia.

Em seu discurso agradecimento, Hillary disse se tratar de um dia histórico para as mulheres. “Se alguma menina ficou acordada até tarde para me escutar, deixem-me dizer que eu posso ser a primeira mulher presidente dos EUA, mas uma de vocês será a próxima”.

A oficialização da candidatura ocorre dias depois da polêmica gerada pelo vazamento de 20 mil emails do comitê democrata americano, que mostram o esforço do partido para minar a candidatura de Bernie Sanders para favorecer Hillary. O caso resultou na renúncia de Debbie Wasserman Schultz da presidência do partido.

O partido parece ter superado a polêmica, assim como Sanders. Em discurso no evento, ele pediu a união do partido e expressou seu apoio à Hillary. “Proponho que Hillary Clinton seja escolhida como nomeada do partido democrata à presidência dos EUA”, disse Sanders.

Os democratas apostam na união do partido para derrotar o candidato republicano Donald Trump, classificado pelos democratas como uma ameaça aos Estados Unidos.

A nomeação de Hillary ocorre oito anos após ela ser derrota por Barack Obama na disputa pela nomeação democrata para as eleições presidenciais de 2008. Após a derrota daquele ano, ela passou a apoiar a campanha de Obama. No ano seguinte, ela se tornou secretária de Estado de Obama, cargo que ocupou por quatro anos.

Fontes:
Estadão-Convenção oficializa Hillary 1ª mulher com chance real de presidir os EUA

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *