Início » Internacional » Hillary retoma vantagem sobre Trump
ELEIÇÕES AMERICANAS

Hillary retoma vantagem sobre Trump

Pesquisas recentes mostram a candidata democrata à frente com uma vantagem que varia entre três e seis pontos percentuais

Hillary retoma vantagem sobre Trump
Na semana passada, Trump ficou à frente por um ponto percentual (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Hillary Clinton retomou a vantagem sobre Donald Trump, dias após ter sido ultrapassada em um ponto percentual pelo candidato republicano. Os dados são de novas pesquisas encomendadas pela Reuters/Ipsos e pela New York Times/CBS.

Segundo o levantamento da Reuters/Ipsos, a candidata democrata tem uma vantagem de seis pontos percentuais sobre Trump. Segundo a pesquisa, Hillary teria 45% das intenções de voto contra 39% de Trump. Trata-se do mesmo percentual observado na semana passada, antes do FBI autorizar a reabertura da investigação do escândalo envolvendo os emails da candidata.

Já a sondagem do New York Times/CBS, colocou Hillary três pontos a frente do empresário. Segundo o levantamento, Hillary tem 45% das intenções de voto, contra 42% de Trump.

A retomada de Hillary a cinco dias das eleições é um alento para o mercado financeiro. A ascensão de Trump nas pesquisas deixou em alerta o mercado financeiro global. Na última terça-feira, 1, as bolsas de Londres, Paris e Frankfurt caíram entre 0,4% e 0,79%. Porém, o caso mais drástico entre as bolsa europeias o da espanhola Ibex, que caiu 1,12% com o avanço de Trump. No Brasil, a Bovespa fechou em queda de 2,46%, a maior desde 13 de setembro deste ano.

Fontes:
El País-Ascensão de Trump e expectativa sobre juros dos EUA contêm Bolsas pelo mundo
O Globo-Hillary recupera vantagem sobre Trump em novas pesquisas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Markut disse:

    Por incrivel que pareça, tudo sugere que a vitória de Trump poderá ter implicações globais desastrosas, confirmadas pelas oscilações das bolsas mundiais.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *