Início » Internacional » Hong Kong tem casas pobres menores que celas de presídio
POBREZA ENCLAUSURADA

Hong Kong tem casas pobres menores que celas de presídio

Estudo aponta que a população pobre de Hong Kong vive em casas com menos espaço que as celas dos presídios locais

Hong Kong tem casas pobres menores que celas de presídio
Espaço médio por cidadão pobre em Hong Kong é equivalente à 50% de uma vaga de carro (Foto: Youtube)

Um estudo recente feito por uma associação de moradores de Hong Kong revelou que a população pobre vive em casas com menos espaço que as celas dos presídios locais de segurança máxima.

A pesquisa, feita com 204 famílias de um bairro pobre da cidade, mostrou que o espaço médio por cidadão pobre em Hong Kong é de 4,6 m², o que equivale à metade de uma vaga de estacionamento, enquanto os presidiários habitam celas de 7 m².

Embora seja uma das cidades mais ricas do mundo e tenha um governo com mais de US$ 130 bilhões em reservas fiscais, Hong Kong permanece com uma profunda desigualdade social. Atualmente, a cidade abriga o mercado imobiliário mais caro do mundo, impulsionado pelos investimentos do governo chinês no mercado de propriedades. Graças à disparada dos preços nos últimos anos, um cidadão médio hoje precisa juntar mais de 18 anos de salário sem impostos para conseguir comprar uma casa.

De acordo com um levantamento feito pelo governo de Hong Kong em 2016, cerca de 200 mil pessoas viviam em apartamentos subdivididos na cidade, sendo que mais de 65% das famílias viviam em unidades com tamanhos entre 7 e 13 m².

As moradias variam de barracas de telhado construídas ilegalmente até salas sem janelas no que era um apartamento de dois quartos já apertado. Enquanto as famosas “casas-caixão” de Hong Kong recebem mais atenção, os apartamentos subdivididos são a realidade de muitas famílias.

As descobertas do estudo chegam enquanto o chefe executivo de Hong Kong, Carrie Lam, foi forçado a se desculpar por ter subestimado o número de apartamentos públicos que o governo precisava construir. Lam sugeriu que apenas 44 mil unidades seriam suficientes, enquanto mais de 150 mil famílias esperam por uma moradia do governo.

Fontes:
The Guardian-Hong Kong's poor live in homes smaller than prison cells – study

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Rene Luiz Hirschmann disse:

    O problema não é o tamanho e sim o numero de presos nas celas.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *