Início » Internacional » Igreja Católica deve buscar perdão dos gays, afirma Papa
CONVERSA COM JORNALISTAS

Igreja Católica deve buscar perdão dos gays, afirma Papa

Os homossexuais 'não devem ser discriminados. Eles devem ser respeitados, acompanhados pastoralmente', afirmou o pontífice

Igreja Católica deve buscar perdão dos gays, afirma Papa
Declaração foi dada a bordo do avião que levava o Papa da Armênia para Roma (Fonte: Reprodução/Flickr)

Em declaração a jornalistas neste domingo, 26, o Papa Francisco afirmou que os cristãos e a Igreja Católica devem pedir perdão aos homossexuais pela forma como eles foram tratados no passado.

A afirmação foi feita após o Papa ser questionado por um jornalista se ele concordava com os recentes comentários de um cardeal alemão de que a Igreja devia pedir desculpas aos gays.

Ainda de acordo com o Papa, a Igreja também deve pedir perdão pela forma como tratou as mulheres, por fazer vista grossa ao trabalho infantil e pela benção a tantas armas.

Os homossexuais “não devem ser discriminados. Eles devem ser respeitados, acompanhados pastoralmente”, afirmou o pontífice, que ressaltou que “a Igreja não deve apenas pedir desculpas … a uma pessoa gay a quem ofendeu, mas também deve pedir desculpas aos pobres, bem como às mulheres que foram exploradas, às crianças que foram exploradas por trabalho (forçado). Deve pedir desculpas por ter abençoado tantas armas”.

Fontes:
G1 - Papa diz que Igreja deve pedir perdão a gays por tratamento no passado

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. edgar disse:

    A Igreja deve pedir perdão de tudo segundo esse Papa, perdão por existir. Ele é francamente patético

  2. Ludwig Von Drake disse:

    O vinho canônico não está caindo bem ao sumo-pontífice. Percebam que ele disse que os homossexuais precisam ser “acompanhados pastoralmente”; vale dizer, precisam da supervisão de um padre ou assemelhado.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *