Início » Internacional » Impasse entre Irã e potências mundiais deve continuar
energia nuclear

Impasse entre Irã e potências mundiais deve continuar

Apesar dos esforços internacionais, ainda não há um consenso para conter o programa de enriquecimento de urânio no Irã

Impasse entre Irã e potências mundiais deve continuar
Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, e o ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi (Reprodução / O Globo)

O prazo para que as negociações  de seis potências mundiais  com o Irã sobre seu programa de enriquecimento de urânio termina nesta segunda-feira, 24. Mas apesar dos esforços, não há uma resolução e no fim do dia deve ser anunciado um novo prazo.

Em Viena, o secretário de Estado americano, John Kerry, e o ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, conversaram esta manhã sobre o programa, mas ao que parece as negociações serão retomadas em dezembro em Omã. Até lá, o Irã não terá nenhum alívio nas sanções impostas ao país.

A agenda de negociações já dura nove meses. O ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Philip Hammond, prometeu um último grande esforço, mas mesmo com seis dias de reuniões ininterruptas não houve consenso. O impasse entre o Irã e as seis potências – Rússia, Alemanha, França, Reino Unido, China e EUA – já dura 12 anos.

O presidente dos EUA, Barack Obama, aumentou a pressão sobre o Irã no último domingo, 23, dizendo que “a comunidade internacional” quer um acordo. Diante do sinal de impasse, a opção seria a emissão de uma declaração política de intenções dizendo que se resolveram poucas questões controversas, mas que se prevê a celebração de um acordo no futuro.

Fontes:
O Globo - Chanceler britânico promete último grande impulso para acordo nuclear com o Irã

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *