Início » Internacional » Imprensa chinesa alerta para possível guerra entre EUA e China
WASHINGTON X PEQUIM

Imprensa chinesa alerta para possível guerra entre EUA e China

Mídia estatal chinesa indica que possível bloqueio americano no Mar do Sul da China pode provocar um confronto militar em larga escala

Imprensa chinesa alerta para possível guerra entre EUA e China
Especialistas apontam que o bloqueio apenas poderá ser feito com uma 'demonstração significativa de poderio militar' (Foto: Wikimedia)

Os Estados Unidos poderão entrar em uma “guerra de larga escala” com a China. O alerta foi dado pela imprensa estatal chinesa. De acordo com a mídia local, um possível bloqueio americano do acesso às ilhas artificiais construídos pelos chineses no Mar do Sul da China poderá fazer com que “ambos os países se preparem para um confronto militar”.

Na última quarta-feira, 11, o novo secretário de Estado americano nomeado pelo presidente Donald Trump, Rex Tillerson, declarou diante da Comissão de Relações Exteriores do Senado que o acesso às ilhas e fortificações “não será permitido”. A China reivindica a área completa, enquanto outros cinco vizinhos do sudeste asiático e a ilha de Taiwan também entram na disputa.

Apesar de Tillerson não especificar como os Estados Unidos bloqueariam o acesso, especialistas ouvidos pelo jornal britânico Guardian apontam que isso apenas poderá ser feito com uma “demonstração significativa de poderio militar”. O secretário americano ainda comparou a construção das ilhas chinesas com “a tomada russa da Crimeia”.

“É bom que Tillerson fortaleça as estratégias de poder nuclear se quer forçar outro poder militar [China] a retirar-se do seu próprio território”, disse um editorial do jornal chinês Global Times, um veículo controlado pelo Partido Comunista. “A não ser que Washington esteja planejando uma guerra em larga escala no Mar do Sul da China, qualquer outra tentativa de impedir o acesso chinês às ilhas será uma tolice”, diz o texto.

Recentemente, Donald Trump fez declarações mostrando ser favorável à política apresentada por Tillerson. Em uma entrevista à Fox News, o magnata acusou Pequim de estar construindo “um grande complexo militar” na área.

Entretanto, a China já adota um tom mais pacifista. O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Lu Kang, afirmou que as relações entre os Estados Unidos e a China são baseadas numa “não-confrontação, não-conflitualidade e num benefício mútuo e cooperação de ambas as partes”.

Fontes:
The Guardian-Trump risks 'war' with Beijing if US blocks access to South China Sea, state media warns
Público-EUA arriscam guerra com a China, avisa imprensa chinesa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. Antônio Carlos disse:

    Hahaha.. o tio Sam vai se dar mal!
    Quem não aprende com o passado comete sempre os mesmos erros.

  2. Carlos Valoir simões disse:

    Não creio. Nem o Trump sendo um paspalhão vai se meter numa guerra com a China. E os americanos, desde o Vietnam, só chutam cachorro morto.

  3. ernesto disse:

    Esse Novo governo Americano m parece ser astutu. Habituaram o terceiro mundo onde fazem e des fazem. Devido que farao o mesmo com chineses.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *