Início » Internacional » Incêndios deslocam dezenas de milhares de pessoas na Califórnia
SUL DA CALIFÓRNIA

Incêndios deslocam dezenas de milhares de pessoas na Califórnia

A causa exata dos incêndios ainda é desconhecida, mas as autoridades dizem que o fogo foi alimentado pelo ar seco e por ventos fortes

Incêndios deslocam dezenas de milhares de pessoas na Califórnia
Incêndio Thomas no norte de Santa Paula, no condado de Ventura (Foto: Twitter/@VCFD_PIO)

Desde o início da semana, o sul da Califórnia, nos Estados Unidos, vem sofrendo com grandes incêndios. Com o fogo se espalhando rapidamente e destruindo tudo pela frente, dezenas de milhares de pessoas já foram forçadas a deixar suas casas.

Assim como os furacões, os grandes incêndios também recebem nomes nos EUA. O Incêndio Thomas, que começou na última segunda-feira, 4, no condado de Ventura, atingiu mais de 20 mil hectares. Na última terça-feira, 5, o Incêndio Creek atingiu mais de 4 mil hectares em Los Angeles. Já o Rye atingiu mais de 2 mil hectares perto de Santa Clarita.

A causa exata dos incêndios ainda é desconhecida, mas as autoridades dizem que o fogo foi alimentado pelo ar seco e por ventos fortes. O governador Jerry Brown declarou estado de emergência em Ventura. “É essencial que os residentes estejam prontos para evacuar imediatamente quando forem avisados”, disse. Além disso, o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, disse que a fumaça está causando uma severa degradação na qualidade do ar.

Nesta semana, o clima está muito seco. A umidade estava em apenas 10% na manhã da última segunda-feira, 4. Segundo o Serviço Nacional de Clima dos Estados Unidos, a “bandeira vermelha” vai durar até pelo menos a próxima sexta-feira, 6.

Entenda os incêndios

Nos Estados Unidos, a temporada de incêndios geralmente ocorre entre o início da primavera e o final do outono. Os incêndios só precisam de três coisas para começar e se espalhar: algo que alimente o fogo, clima seco e uma fonte de ignição.

Esta foi uma das piores temporadas de incêndio para a Califórnia. Em outubro, vários incêndios atingiram o norte do estado. O fogo matou mais de 40 pessoas e destruiu milhares de casas. Um mês antes, o Incêndio La Tuna, em Los Angeles, foi considerado o maior (em termos de hectares atingidos) a atingir a cidade em 50 anos, segundo Garcetti.

Diferentemente de outros lugares do país, o verão e início do outono costumam ser secos na Califórnia. Depois de uma rigorosa seca, que durou mais de cinco anos, choveu e nevou no último inverno na Califórnia. Isso permitiu que a vegetação voltasse a florescer. No entanto, o clima seco de agora, criou o combustível necessário para alimentar os incêndios.

Para piorar, várias partes do estado tiveram temperaturas recorde no verão e no outono. Uma onda de calor fez a temperatura chegar a 37,7 °C em Los Angeles, no final de outubro.

Com a baixa umidade e os ventos fortes, o cenário é ideal para destruição. Segundo o prefeito de Los Angeles, 150 mil pessoas vivem nas áreas evacuadas. Ainda não se sabe quantas pessoas foram feridas ou mortas nos incêndios.

Fontes:
The New York Times-Tens of Thousands Evacuate as Southern California Fires Spread
The Washington Post-‘Out of control’ Southern California fire explodes as growing blazes force tens of thousands to flee
Fox News-Explosive wildfires in Southern California force tens of thousands to evacuate

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *