Início » Internacional » Incêndios no sul da Califórnia atingem Bel Air
ESTADOS UNIDOS

Incêndios no sul da Califórnia atingem Bel Air

Segundo autoridades, o fogo já obrigou cerca de 200 mil pessoas em Los Angeles e Ventura deixarem suas casas

Incêndios no sul da Califórnia atingem Bel Air
Incêndio na autoestrada 405, em Los Angeles (Foto: Twitter/@thirdiphoto)

Nos últimos dias, incêndios descontrolados estão atingindo o sul da Califórnia. Na última quarta-feira, 6, foi a vez do famoso bairro de Bel Air, em Los Angeles, sofrer com as chamas. O fogo chegou a atingir a autoestrada 405, a mais movimentada dos EUA, por onde passam 400 mil veículos por dia. Outros incêndios também atingiram o norte do Vale de San Fernando e a região norte de Los Angeles.

Esta tem sido uma das piores temporadas de incêndio já registradas. Segundo autoridades locais, o fogo já obrigou cerca de 200 mil pessoas em Los Angeles e Ventura a deixarem suas casas. A previsão é que a situação piore nesta quinta-feira, 7, com os ventos extramente fortes.

Geralmente, a temporada de incêndios atinge seu pico em outubro na Califórnia. No entanto, autoridades acreditam que as mudanças climáticas estejam atrasando os incêndios neste ano.

Até a tarde de quarta-feira, o fogo em Bel Air atingiu pelo menos 192 hectares, o que é pouco comparado aos outros incêndios. Como o bairro é muito populoso, a perspectiva dos ventos de espalhar as chamas pela vizinhança fez com que muitos residentes se preparassem para possíveis deslocamentos. Autoridades já ordenaram a desocupação de 700 casas em Bel Air.

Na noite de quarta-feira, as autoridades mandaram um alerta de emergência para todo o condado de Los Angeles, avisando sobre o “extremo perigo de incêndio”. O prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, declarou estado de emergência, por conta do Incêndio Skirball em Bel Air. O governador Jerry Brown fez o mesmo após o incêndio em Ventura na última terça-feira, 5. As declarações pedem por ajuda rápida das autoridades estaduais e federais.

Os ventos fortes são normais no final do outono e no inverno no sul da Califórnia. No entanto, existe algo diferente este ano que está fazendo com que os incêndios sejam mais destrutivos: a quantidade de vegetação seca, pronta para queimar.

A situação no sul da Califórnia é similar a que ocorreu no norte da Califórnia em outubro, quando ventos fortes e quentes causaram incêndios que mataram 40 pessoas e destruíram milhares de casas. A diferença é que enquanto no norte da Califórnia houve muita chuva, ajudando a eliminar a ameaça de incêndios, no sul, o clima continua seco.

Fontes:
The New York Times-California Fires Enter the Heart of Los Angeles

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *