Início » Internacional » Índia descriminaliza tentativa de suicídio
SAÚDE MENTAL

Índia descriminaliza tentativa de suicídio

O parlamento indiano aprovou um projeto de lei que descriminaliza as tentativas de suicídio, antes punidas com até um ano de prisão e pagamento de multa

Índia descriminaliza tentativa de suicídio
De acordo com o texto do projeto de lei, todos os indianos têm direito a tratamento psiquiátrico (Foto: Wikimedia)

Gorav Gupta dedicou sua vida a cuidar de doentes mentais. Mas quando pessoas com tendências suicidas procuram ajuda em seu hospital psiquiátrico em Nova Déli, ele recusa a tratá-las. Segundo Gupta, a tentativa de suicídio de pacientes sob seus cuidados médicos acarretaria problemas legais sérios.

A tentativa de suicídio é considerada um crime na Índia. Mas, em 27 de março, o parlamento indiano aprovou uma série de reformas na área de saúde mental, entre as quais a que descriminaliza a tentativa de suicídio. De acordo com o texto do projeto de lei, todos os indianos têm direito a tratamento psiquiátrico e o governo pretende ampliar o acesso a hospitais e clínicas especializados em doenças mentais.

A próxima etapa na reforma da área de saúde mental prevê o aumento de recursos orçamentários e a expansão da força de trabalho, disse Soumatra Pathare, um dos responsáveis pela elaboração do projeto de lei. Os cuidados com a saúde mental representaram apenas 0,06% do orçamento do Ministério da Saúde da Índia em 2011.

No entanto, é pouco provável que as reformas na área de saúde mental reduzam a taxa de suicídio da Índia, sobretudo entre os jovens. A taxa de suicídio em mulheres com idades entre 15 e 29 anos é mais do que o dobro de qualquer outro país, com exceção do Suriname, que tem uma grande população indiana, e do Nepal, que compartilha muitas semelhanças culturais com a Índia.

Fontes:
The Economist-India decriminalises attempted suicide

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Lucinda Telles disse:

    Correto, se a pessoa apenas tenta não aconteceu nada, tem que punir é quando ela consegue.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *