Início » Internacional » Índia proíbe que documentário sobre estupro coletivo seja exibido no país
censura

Índia proíbe que documentário sobre estupro coletivo seja exibido no país

Filme ‘India’s daughter’ narra a história do estupro coletivo sofrido por uma jovem em 2012, dentro de um ônibus em Nova Déli

Índia proíbe que documentário sobre estupro coletivo seja exibido no país
Produtora do filme disse que a censura é uma ‘tolice’ (Reprodução/AFP)

A Índia proibiu que o documentário “India’s Daugther” seja exibido no país. O filme conta a história do estupro coletivo sofrido por uma jovem em um ônibus em Nova Déli, em dezembro de 2012. A estreia está prevista para a próxima quarta-feira, 11.

Na última quarta-feira, 4, a exibição do documentário foi discutida no parlamento indiano. O ministro do Interior do país, Rajnath Singh, declarou que “sob nenhuma circunstância” o filme seria exibido no país. Segundo ministro, o governo indiano jamais permitirá que “alguém tire proveito comercial de um episódio tão triste”.

A proibição gerou uma onda de críticas ao governo indiano. Leslee Udwin, produtora do filme, disse que a censura é uma “tolice”. “Estão tentando silenciar as vozes que lutam pelos direitos das mulheres”. A coprodutora do filme, a jornalista Dibang, também criticou a medida. “Em uma democracia como a nossa, o que aconteceu foi uma vergonha”, disse a coprodutora.

Dibang foi responsável por entrevistar Mukesh Singh, um dos cinco estupradores. Na entrevista, o agressor disse que a jovem foi culpada pela própria morte, pois, segundo ele, ela não deveria ter reagido ao ataque. “Em um estupro não se deve reagir. Deve-se aceitar em silêncio”, disse Singh. O estuprador disse ainda que “mulheres decentes não andam pelas ruas às 21h”, horário em que a jovem foi atacada.

Fontes:
The Washington Post-Indian government blocks film about 2012 New Delhi rape case

1 Opinião

  1. Felipe disse:

    “Em um estupro não se deve reagir. Deve-se aceitar em silêncio”

    Diz o ESTUPRADOR.

    Ai eu digo o seguinte: Vejo você passando na rua e quero te matar. Pego você pelo pescoço e digo: Você vai morrer agora!

    Você vai aceitar ? “É claro que vai né.” até parece. Mata esse desgraçado é a melhor opção. Com essas palavras você não teria a menor chance de sobreviver por aqui no Brasil.

    É cada um que aparece nessa mundo.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *