Início » Internacional » Interpol emite alerta mundial contra pílula de emagrecimento
Riscos à saúde

Interpol emite alerta mundial contra pílula de emagrecimento

Cápsula chamada 2,4-dinitrofenol transforma gordura em calor, fazendo a pessoa correr o risco de ‘cozinhar’ por dentro. Há duas semanas, estudante britânica morreu após ingerir a substância

Interpol emite alerta mundial contra pílula de emagrecimento
No alerta, a Interpol classifica a pílula como ‘droga ilícita e potencialmente letal’ (Reprodução/dinitroshop.net)

Esta semana, a Interpol emitiu um alerta global contra uma pílula de emagrecimento conhecida como 2,4-dinitrofenol, também chamada de DNP. O alerta, feito a pedido do governo francês, classifica a pílula como “droga ilícita e potencialmente letal”.

A medida foi tomada duas semanas após a estudante britânica Eloise Aimee Parry morrer depois de ingerir oito pílulas de DNP. De acordo com a Interpol, as pílulas são vendidas na internet e os vendedores tentam burlar a fiscalização, rotulando o produto como cápsulas de açafrão. A substância também pode ser encontrada em forma de creme.

“Além dos perigos intrínsecos ao DNP, os riscos associados ao uso são potencializados devido às condições de fabricação. Além de ser produzido em laboratórios clandestinos, sem normas de higiene, sem o conhecimento de especialista, os consumidores ainda são expostos a um risco maior de overdose”, diz o alerta da polícia internacional.

O DNP foi usado pela primeira vez na Primeira Guerra Mundial, para fabricar explosivos. O potencial emagrecedor do produto foi descoberto após constatar-se que operários expostos à substância apresentaram aceleramento do metabolismo e perda de peso.

A substância foi proibida na década de 1930, por conta de seus inúmeros efeitos colaterais. O DNP aumenta significativamente a temperatura corporal. Ele interfere no processo de quebra de gordura, fazendo com que a energia seja liberada em forma de calor. Com isso, a pessoa corre o risco de ‘cozinhar’ por dentro.

A primeira morte decorrente do uso de DNP ocorreu em 1938, quando um americano que ingeriu a substância atingiu a temperatura de 43,3 graus. Recentemente, cientistas relacionaram o uso de DNP à morte de pelo menos cinco pessoas no Reino Unido entre 2007 e 2013, indicando que a comercialização da substância voltou a crescer.

Fontes:
O Globo-Interpol emite alerta global sobre pílula de emagrecimento

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *