Início » Internacional » Investigação sobre interferência russa nas eleições atinge filho de Trump
EUA

Investigação sobre interferência russa nas eleições atinge filho de Trump

Segundo o 'NYT', durante a campanha de 2016, Donald Trump Jr se encontrou com advogada russa que prometeu informações que poderiam prejudicar Hillary Clinton

Investigação sobre interferência russa nas eleições atinge filho de Trump
Trump Jr nega e diz que tema do encontro foi adoção de crianças (Foto: Wikimedia)

Donald Trump Jr, primogênito do presidente dos EUA, Donald Trump, se encontrou com Natalia Veselnitskaya, uma advogada russa ligada ao Kremlin, durante a campanha presidencial americana de 2016, após receber dela a promessa de informações que poderiam prejudicar a campanha de Hillary Clinton.

A informação foi dada pelo jornal New York Times, com base em fontes envolvidas no encontro, sendo três conselheiros e outras duas pessoas cientes da reunião. Nela, também estavam presentes o presidente da campanha de Trump na época, Paul J. Manafort, e o genro de Trump, Jared Kushner.

O encontro ocorreu na Trump Tower, em Nova York, em 9 de junho de 2016, dois dias após Trump garantir a candidatura republicana. A existência do encontro aponta para a questão central da investigação federal sobre a interferência da Rússia nas eleições presidenciais: teria a campanha de Trump compactuado com os russos? O registro do encontro de Trump Jr com a advogada russa é o primeiro indício de que pelo menos alguns membros da campanha estavam dispostos a aceitar a ajuda do Kremlin.

Ainda não se sabe se Veselnitskaya, de fato, forneceu a prometida informação comprometedora contra Clinton, mas as fontes garantem ao ‘NYT’ que esse era o objetivo do encontro.

A principio, quando questionado pelo ‘NYT’ sobre o encontro, Trump Jr disse que ele se deu, basicamente, para discutir questões ligadas à adoção de crianças russas, sem nenhuma ligação com Clinton. Mas após ser confrontado com as revelações das fontes envolvidas e ouvidas pelo ‘NYT’, ele ofereceu uma versão diferente. “Após as trocas de gentilezas oficiais, a mulher declarou que tinha informações de que pessoas ligadas à Rússia estavam financiando o Comitê Nacional Democrata e a Srª. Clinton. Suas declarações eram vagas, ambíguas e não faziam sentido. Nenhum detalhe ou informação complementar foi sequer oferecido. Logo se tornou claro que ela não tinha nenhuma informação pertinente”, disse Trump Jr, em um comunicado.

Segundo Trump Jr, logo depois, a mulher desviou o tema da conversa para adoções de crianças russas e a Magnitsky Act, uma lei americana que coloca na lista negra das agências de adoção russos suspeitos de violar direitos humanos. Criada em 2012, a lei enfureceu Vladimir Putin de tal forma que ele proibiu a adoção de crianças russas por americanos.

“Ficou claro para mim que essa era a real intenção e que a promessa de oferecer potenciais informações foi um pretexto para a reunião”, concluiu Trump Jr no comunicado.

Conhecida por ser uma forte ativista contra a Magnitsky Act, Veselnitskaya também negou a troca de informações sobre campanha. Em comunicado, ela disse que “nunca agiu em nome do governo russo” e que “nunca discutiu nenhuma das questões citadas com nenhum membro do governo russo”.

A Casa Branca também nega que o encontro tenha sido com objetivo de interferir na campanha. Porém, o deputado democrata Adam B. Schiff, líder da Comissão Especial de Inteligência da Câmara, uma das comissões que investiga a ligação entre o Kremlin e a campanha de Trump, disse que pretende interrogar “todos os que estiveram presentes no encontro”. “Não há razão para esta advogada russa ligada ao governo ter se encontrado com Paul Manafort, Kushner ou o filho do presidente, se não fosse para discutir a campanha ou a política russa”, disse Schiff.

Fontes:
The New York Times-Trump’s Son Met With Russian Lawyer After Being Promised Damaging Information on Clinton

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *