Início » Internacional » Irã suspende apedrejamento de Sakineh por adultério
Irã

Irã suspende apedrejamento de Sakineh por adultério

A sentença quanto ao adultério está sendo revisada, mas a de cumplicidade na morte do marido está em processo

Irã suspende apedrejamento de Sakineh por adultério
A condeção de Sakineh foi adiada pelo Irã

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A sentença de morte de Sakineh Mohammadi Ashtiani por apedrejamento está suspensa para revisão da Justiça do Irã. O anúncio da decisão foi divulgado por meio de um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do país, Ramin Mehmanparast, nesta quarta-feira, 8. “O veredicto, decorrente de relações extra matrimoniais da condenada, foi suspenso e está sendo revisado”, afirmou o porta-voz à emissora estatal Press TV.

A condenação por adultério gerou uma onda de protestos internacionais contra o Irã. Em resposta à sentença, até o presidente Lula havia tentado interferir, oferecendo abrigo à Sakineh no Brasil, proposta que foi recusada pelo Irã.

A mulher foi condenada por trair o marido e, posteriormente, ter envolvimento na morte dele. De acordo com o porta-voz, a sentença por adultério será revisada, enquanto a questão da cumplicidade no homicídio permanece ainda “sub judici”.

Leia mais:

Sakineh está morta

Fontes:
Estadao.com - Irã suspende apedrejamento de condenada por adultério

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *