Início » Internacional » Iranianos comemoram acordo nuclear
momento histórico

Iranianos comemoram acordo nuclear

Multidões dançaram e cantaram na capital Teerã e em várias outras cidades do Irã para celebrar o acordo histórico

Iranianos comemoram acordo nuclear
Jovem faz o 'V' de vitória com as mãos (Fonte: Reprodução/Atta Kenare/AFP)

Após o anúncio de um acordo nuclear assinado entre o Irã e o grupo 5+1, milhares de iranianos saíram às ruas nesta terça-feira, 14, para festejar o momento histórico.

Multidões dançaram e cantaram na capital Teerã e em várias outras cidades do Irã para celebrar o acordo histórico que acaba com o impasse que abalava as relações internacionais há mais de dez anos.

A comemoração ocorreu após o fim do jejum diário feito durante o Ramadã. O jornal britânico The Guardian informou que, embora não seja permitido dançar em público no Irã, atos deste tipo foram tolerados nesta terça em um momento raro de união nacional.

O acordo assinado na sede da ONU em Viena prevê o fim progressivo das sanções ao país, o que pode representar o fim do isolamento internacional do Irã e resolver seus problemas econômicos.

Em rede nacional de TV, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, afirmou que o dia marca “o fim para reivindicações infundadas e o início de uma nova fase nas relações internacionais… Nosso povo rezou por um bom acordo durante este mês de jejum do Ramadã. Posso anunciar que suas preces foram atendidas”.

O ministro iraniano das Relações Exteriores, Mohammed Javad Zarif, que se tornou um herói nacional por causa das negociações em Viena, afirmou antes do início da última plenária de discussões que o acordo nuclear não é perfeito, mas que todos ganham com ele.

Fontes:
Veja - Iranianos vão às ruas comemorar acordo nuclear

1 Opinião

  1. jayme endebo disse:

    Os democratas são campeões em fazer besteira na Pérsia, há 30 anos foi a vez do vendedor de amendoim se aventurar nos “direitos humanos” do Xá Reza Pahlevi e acabou instalando um bando de sanguinários dementes. Temos agora um outro irresponsável liberando dinheiro para estes mesmos dementes aplicarem o terrorismo em maior escala no oriente médio, para Obama não há problema pois os EUA estão longe mas para Israel e os Sauditas vai ser um inferno com muita morte de inocentes.
    Ingleses, Franceses e Americanos só fizeram besteiras no Oriente Médio desde a queda dos Otomanos e só irá terminar quando muita gente morrer, talvez com a bomba maldita.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *