Início » Internacional » Isis destrói mesquita onde califado do grupo foi proclamado
IRAQUE

Isis destrói mesquita onde califado do grupo foi proclamado

Primeiro-ministro iraquiano diz que a destruição da mesquita, em Mossul, indica que o grupo admitiu a derrota na cidade

Isis destrói mesquita onde califado do grupo foi proclamado
Visão aérea da mesquita destruída (Foto: Joint Operation Command)

Em 2014, o líder do Estado Islâmico (Isis), Abu Bakr al-Baghdadi, proclamou o califado do grupo extremista na mesquita de Al-Nuri, em Mossul, no Iraque.

Na última quarta-feira, 21, o próprio grupo jihadista destruiu o lugar, que é considerado um dos mais venerados do islã. O primeiro-ministro iraquiano, Haider Al-Abadi, disse que a ação significou a admissão de derrota do Isis na segunda maior cidade do país.

A mesquita e o minarete de Al-Hadba foram destruídos na chamada Noite do Poder, uma das datas mais sagradas do calendário islâmico, enquanto as tropas iraquianas batalhavam contra os militantes do Isis nas redondezas. As construções eram do século XII.

“Eles explodiram a mesquita porque não queriam que o lugar onde foi anunciado o califado fosse o local onde o exército israelense anunciaria sua vitória”, disse Hiram Al-Hashimi, antigo conselheiro do governo.

O exército israelense culpou o Estado Islâmico pelo bombardeamento. No entanto, o grupo jihadista disse que a destruição foi causada por ataques aéreos da coalizão, liderada pelos Estados Unidos. O exército americano, por sua vez, negou ter feitos ataques aéreos na área. Há mais de oito meses as tropas israelenses tentam liberar a cidade do domínio do Estado Islâmico.

Fontes:
The Guardian-Destroying Great Mosque of al-Nuri 'is Isis declaring defeat'
Expresso-Destruição da mesquita de Al-Nuri em Mossul é “admissão de derrota” do Daesh
Uol-Mesquita histórica é destruída em meio a batalha por Mosul

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *