Início » Internacional » Israel é acusado de crimes de guerra por Anistia Internacional
Faixa de Gaza

Israel é acusado de crimes de guerra por Anistia Internacional

Relatório da Anistia Internacional acusa Israel de crimes de guerra na Faixa de Gaza na operação militar realizada entre julho e agosto deste ano

Israel é acusado de crimes de guerra por Anistia Internacional
Ataque israelense em bairro residencial na Faixa de Gaza (Reprodução/G1)

Um relatório da Anistia Internacional divulgado nesta quarta-feira, 5, acusa Israel de crimes de guerra na Faixa de Gaza durante a operação militar realizada entre julho e agosto deste ano. Cerca de 2200 pessoas morreram em razão das ofensivas de Israel, sendo a maior parte civil, entre eles 519 crianças.

O documento diz ainda que mais de 100 mil pessoas ficaram desabrigadas e 18 mil lares foram destruídos. Já os ataques realizados por grupos palestinos, como o Hamas, em solo israelense foram responsáveis pela morte de seis civis, entre eles uma criança e 66 soldados israelenses em Gaza.

Segundo o relatório, foram investigados os ataques realizados  na áreas residenciais  e as obrigações de Israel com as leis humanitárias. Para a construção do documento, oito bombardeios específicos em casas e prédios foram estudados. Neles 11 pessoas morreram, sendo 104 civis.

A Anistia internacional informou que teve que conduzir as investigações de fora da Faixa de gaza, uma vez que Israel não permitiu a entrada de  organizações humanitárias no território.

“Israel falhou em não tomar as precauções necessárias para evitar danos excessivos aos civis e bens civis, conforme é exigido pelo direito internacional humanitário. Em todos os casos nenhum aviso prévio foi dado para que os residentes pudessem tentar escapar”, constatou a Anistia Internacional.

Israel se pronunciou a respeito em um comunicado oficial que diz que a instituição ignora a natureza do inimigo que o país enfrenta em Gaza, e que, por isso, o relatório não contribui para a resolução do conflito.

Fontes:
Exame-Anistia Internacional acusa Israel de crimes de guerra

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *